,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Todos os presidentes que ganharam filmes no País
  • Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
  • Ocimar Versolato morre aos 56 anos em São Paulo

Cartas do leitor - 05/12/2017
Da redação
05/12/2017 13h44
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
O nosso?
 
David Chagas, com sua enunciação sempre justa e sensível, trata, em maravilhosa prosa, colocando-me junto aos seus sentimentos semelhantes aos meus, aumentando com isso nossa amizade sincera, ao escrever sobre meu filho amado, Haroldo Palo Júnior, no artigo Nosso, revelando o que foi e o que fez. Com isso e tantos mais vamos tentando superar este momento de perda irreversível. Gratíssima pela publicação de tão belo e verdadeiro artigo! 
Maria José Gordo Palo, professora da PUC-SP
 
Colocar-se no lugar do outro
 
Passei pela praça José Bonifácio na manhã da sexta-feira (1º) e levei um susto grande quando vi algumas cadeiras de rodas ocupando as vagas de automóveis. Só vou ali rapidinho era o que estava escrito em uma delas. Parei, fotografei, compartilhei nas minhas redes sociais e muitas pessoas tiveram a mesma reação de espanto que eu. Um verdadeira lição para as pessoas que não possuem qualquer tipo de deficiência e que descaradamente ocupam o lugar de quem realmente precisa, num país que carece de políticas públicas em vários setores. Precisamos nos solidarizar com o problema do outro, sim, e perceber que trata-se de um problema coletivo. Deixo os meus parabéns ao vereador André Bandeira pela iniciativa e desejo que esta ação seja realizada mais vezes, em outros lugares da cidade.
Josué Monteiro, microempresário
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar