Cartunistas de Piracicaba são homenageados em livro

livro Adolpho Queiroz, um dos organizadores da obra. (Foto: Amanda Vieira / JP)

O livro Piracartum — Homenagem aos Cartunistas de Piracicaba nos 45 anos do Salão de Humor, que trata em 82 páginas, de maneira breve, as histórias de vida e profissional de 32 artistas das artes gráficas cujos trabalhos antecedem e se entrelaçam ao Salão Internacional de Humor de Piracicaba será lançado hoje, às 15h, no Engenho Central. A obra foi organizada por Adolpho Queiroz, Edson Rontani Junior, Maria Luziano e Victor Corte Real. A entrada é gratuita.

Financiado pelo FAC (Fundo de Apoio à Cultura) e pelo Conselho Municipal de Cultura, da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo), o livro consiste em um inventário de artistas que têm trajetórias conhecidas em Piracicaba, seja em contribuições no campo do jornalismo e revistas impressas ou em blogs, sites e mídias sociais. Além do livro, a AHA realiza exposição com obras destes artistas no Teatro Municipal Dr. Losso Netto até dia 19 de setembro. Na sequência, a mostra irá para o Hospital da Unimed, Cristóvão Colombo, Fórum Municipal e Câmara Municipal.

Os artistas que têm informações na obra são José Inácio Coelho Mendes, Edson Rontani, Renato Wagner, Derli Barroso, Douglas Mayer, Bonifácio Placeres Junior, o Peninha, Fausto Longo, Rudinei Bassete, Lancast Mota, Erasmo Spadotto, Luciano Veronezzi, Eduardo Grosso, Willian Hussar, Érico San Juan, Fábio San Juan, Daniel Ponciano, Luís Marangoni, Fernando Cazo, Maria Luziano, Luccas Longo, Cassio Negri, Eduardo Caldari, Marcos Nozela, Sergio Moreira, Amauri Ribeiro, Camilo Riani, Marcelo Maiolo, Rafael de Latorre, Andrei Bressan, Danilo Angeli, Lucas Leibholz, Vinicius Velo.

Diversos jornalistas do município foram responsáveis por escrever os textos informativos sobre os artistas gráficos. A repórter e editora do Jornal de Piracicaba Sabrina Franzol é uma das participantes.

(Da Redação)