Casal é rendido por criminosos que tentaram roubar carro-forte

Criminosos atiraram em carro-forte (Divulgação/PM)

Uma comerciante de 55 anos e autônomo de 56 anos, que residem em Santa Bárbara d’Oeste, que ocupavam uma caminhonete Toyota Hilux foram rendidos pelo bando que tentavam roubar o carro-forte, nesta segunda-feira (11). Eles obrigaram que o casal descesse do veículo e ficassem em um matagal nas imediações. Os criminosos não chegaram a levar a caminhonete. Somente depois que a PM chegou, o casal saiu do matagal e pediu ajuda dos policiais. O casal foi conduzido posteriormente ao plantão policial pelos policiais do 48º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), de Sumaré, que também participavam das buscas aos suspeitos.

Os PMs localizaram o Ranger Rover preto o qual se encontrava batido contra o guardrail da rodovia. O Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) grupo antibomba da PM esteve no local para fazer a remoção das bananas de dinamite que foram abandonadas pela quadrilha.

O delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) Demétrios Gondim Coelho assumiu a apuração do caso, por enquanto, não tem pistas sobre o bando

SEGUNDO CASO

Dia 7 de outubro de 2017, dois guardas civis foram feridos a tiros de fuzil durante o confronto com uma quadrilha que explodiu um carro-forte, na mesma região, na SP-304, próximo ao distrito Tupi de Piracicaba. Na época, a viatura da corporação foi atingida por 72 tiros. Ambos foram socorridos pela Guarda Civil e encaminhados à Santa Casa de Piracicaba e sobreviveram.

Na época, dois carros usados na fuga do bando foram incendiados na região do bairro Monte Alegre. Após deixar a rodovia, eles fugiram pela área central de Piracicaba. Veículos que estavam estacionados no local também foram atingidos pelos tiros, mas nenhum morador ficou ferido. Um motorista que foi flagrado furtando dinheiro que foi abandonado às margens da rodovia foi gravado pelo sistema de câmeras de segurança e chegou a ser detido pela polícia.

 

Cristiani Azanha