Casas vizinhas à que desabou no Rio são demolidas pela prefeitura

Casas vizinhas à que desabou no Rio são demolidas pela prefeitura
Fonte: Agência Brasil

A prefeitura do Rio de Janeiro terminou, na tarde desta segunda-feira (12), a demolição de cinco imóveis na Vila Sapê, em Curicica, zona oeste da cidade. Uma das casas, de três andares, desabou no início da manhã, soterrando Raiane Silva Jardim, de 21 anos, e o filho, Nicolás, de 3.

Ambos foram resgatados com vida e levados para o hospital pelos soldados do Corpo de Bombeiros. Os dois foram encaminhados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, encontram-se estáveis e permanecerão internados em observação.

Raiane ainda conseguiu enviar uma mensagem de áudio para amigas pelo WhatsApp, contando que estava soterrada, juntamente com o filho. As primeiras tentativas de resgate foram feitas pelos próprios vizinhos e pelo pai de Raiane, Uildes Martins, usando pás e até as próprias mãos.

Por causa da demolição dos imóveis, oito famílias que moravam ao lado da casa afetada perderam as moradias e foram recebidas por psicólogos e assistentes sociais da prefeitura.

Um cão, mistura de vira-lata com pitbull, que estava no terraço de um imóvel na casa ao lado da que tombou, também foi resgatado, recebeu comida e depois foi devolvido ao dono. Onze casas vizinhas foram interditadas pela Defesa Civil para verificação de segurança.

Casas vizinhas à que desabou no Rio são demolidas pela prefeitura