Cássio Gabriel agradece ao elenco do XV pela volta por cima

Cassinho passou por altos e baixos nesta Copa Paulista (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O XV de Piracicaba continua sua preparação para a segunda fase da Copa Paulista que começa neste domingo (1º), às 19h, diante do Mirassol, na casa do adversário. O atacante Cássio Gabriel viveu altos e baixos na primeira fase, já que começou a competição como titular, perdeu sua vaga no time, voltou na reta final e foi corado com seu segundo gol no ano.

“Acredito que cresci muito durante a competição. Apesar de estar no time titular, não comecei muito bem os cinco primeiros jogos, tanto que perdi essa condição. Nos dois últimos jogos, voltei mais confiante ao time, jogando bem e isso é mérito não só do Tarcísio (Pugliese) e do Ivo (Secchi, auxiliar técnico), mas todo o grupo, que me apoiaram enquanto estive fora e me deram forças para voltar mais forte”, disse Cassinho.

Para a sequência da Copa Paulista, o Nhô Quim trouxe o lateral-esquerdo Peri e o atacante Mateus Oliveira, e Cássio falou sobre a recepção os novos colegas. “É um grupo bom, no qual sempre recepcionamos bem os recém-chegados, então sempre quando alguém chega o Tarcísio procura saber como é o comportamento dele extracampo para saber se é uma pessoa que se dá bem com o time. Pelos poucos treinos que vimos, percebemos que são pessoas legais fora de campo, porém dentro ainda iremos ver conforme os treinamentos, já que ainda não dá para falar já que ainda não conheço bem”, explicou.

O jogo em Mirassol será a mais longa da equipe na competição, já que a distância entre os estádios (Barão e Maria de Campos Maia) é de aproximadamente 322 km e será no domingo a noite, sendo que o Nhô Quim receberá o Nacional na próxima quarta-feira (4). Ao ser questionado sobre esses fatores, Cássio disse que a equipe tem que superar esses detalhes para conquistar o resultado. “É a profissão que escolhemos (risos). Não temos como ficar escolhendo horário, data de jogo, portanto o que for proposto para nós temos que jogar e pensar nos três pontos, já que acho que esse é o intuito do jogador de futebol”, disse.

Por fim, Cássio comentou sobre a importância dos jogadores, principalmente os que vem do banco, os jogos no meio de semana, já que em razão da mudança das datas, a segunda fase será disputada entre os dias 1º a 22 de setembro. “O grupo é sempre importante, principalmente quando começa a ter jogos muitos próximos um do outro e agora não será diferente. Foi assim também na Série A2, quando foi solicitado o grupo respondeu bem, tanto os que estavam jogando, quanto aqueles que estavam no banco.

Novamente teremos que provar a força do grupo, não apenas 12 ou 13 atletas, mas todo o plantel. O que mudará será a preparação, já que não teremos muito tempo para treinar, uma vez que terá pouco tempo para descanso e outro jogo logo em seguida. Se ficarmos focados em fazer o nosso melhor, descansar quando estivermos fora, acho que temos tudo para passar de fase bem”, resumiu o atleta.

Mauro Adamoli