Cecan realiza hoje 500 exames gratuitos de próstata

Atendimento será das 8h às 16h, com distribuição de senha. (Foto: Divulgação)

Mais de 50 profissionais entre médicos, enfermeiros e equipe de apoio estão preparados para o Sábado Sem Câncer, que acontece neste dia 9, das 8h às 16h, no CECAN- Centro do Câncer da Santa Casa de Piracicaba, para a realização de 500 exames gratuitos para prevenção e detecção precoce do câncer de próstata em homens acima dos 40 anos.

A meta é conscientizar sobre a importância dos exames preventivos, já que esse tipo de câncer é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma.

A mobilização tem apoio do Instituto de Urologia de Piracicaba (IUP) e do Instituto de Radiologia da Santa Casa e, segundo o oncologista Fernando Medina, ajuda a consolidar a cultura da prevenção dentro do que propõe também o Novembro Azul.

Para participar, basta comparecer no CECAN com documentos pessoais, comprovante de residência e doar um quilo de alimento não perecível para entidade assistencial da cidade”, disse, lembrando que o atendimento se dará mediante a distribuição de senhas.

Segundo ele, em 2019, foram diagnosticados 374 novos casos da doença, 163 deles estão em tratamento no CECAN e foram detectados nos estágios 2 e 3, em que as complicações são maiores. “A expectativa é que 330 novos casos sejam registrados em 2020 só em Piracicaba”, projetou.

Para este sábado, os participantes passarão por anamnese (entrevista), exame físico de toque retal e exames de PSA – um tipo de exame de sangue que acusa o perfil de saúde da próstata. Casos em que o exame físico e laboratorial apresentarem alterações, serão posteriormente encaminhados para o Instituto de Radiologia da Santa Casa para exames de ressonância magnética multiparamétrica da próstata.

O exame é extremamente avançado e detecta a existência de áreas suspeitas para o câncer com um grau de assertividade imensamente superior aos métodos convencionais”, disse o médico radiologista Alexandre Peroni Borges.

De acordo com o médico urologista Tiago Aguiar, as cirurgias necessárias ao tratamento de casos identificados através da Campanha serão realizadas por via laparoscópica pelo IUP (Instituo de Urologia de Piracicaba). “As vantagens é que esse método cirúrgico exige menor tempo de internação e provoca menos sangramento, proporcionando uma recuperação mais rápida”, disse.

Da Redação