China promete abrir mercado para companhias estrangeiras e condena protecionismo

O principal representante econômico do presidente chinês Xi Jinping, Liu He, defendeu nesta quarta-feira facilitar o acesso de companhias estrangeiras nos setores de serviços e industrial da China.

“Vamos nos abrir ainda mais para o mundo além da fronteira”, disse He durante discurso direcionado a membros da elite do mundo, reunidos no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

O discurso de Liu He, que aconselha Xi Jinping sobre políticas econômicas, veio num momento em que os EUA e países europeus estão aumentando pressão para a China abrir mais o seu mercado. Eles apontam para o aumento do desequilíbrio comercial com a segunda maior economia do mundo.

Numa aparente resposta para políticos ocidentais que estariam aumentando o foco interno, Liu He disse que a China “se posiciona firme contra o protecionismo” e estimulou os líderes mundiais a “se posicionarem firme pelo multilateralismo”. Fonte: Dow Jones Newswires.