Chuvas mantêm rio Piracicaba em estado de alerta, aponta Defesa Civil

Aumento do volume e vasão atrai curiosos ao rio Piracicaba (Amanda Vieira/JP)

Com as chuvas registradas nos últimos dias o volume do rio Piracicaba tem aumentado. Nesta segunda-feira (4), o nível oscilou entre 3,40 a 4 metros, o que o manteve em estado de emergência. De acordo com o secretário-executivo da Comissão Municipal da Defesa Civil de Piracicaba, Odair de Melo, as precipitações da madrugada desta segunda-feira deixaram o rio cheio. “Durante a madrugada e de manhã estava em estado de emergência mas agora (à tarde) recuou e está em estado de alerta”, afirmou.

Segundo Melo, caso não chova forte na região de Campinas onde estão as cabeceiras e afluentes do Piracicaba, a tendência é de que o volume diminua. “Se houver chuva forte pode extravasar, a previsão de chuva para hoje  à noite é de dez milímetros e é pouco, talvez não agrave para transbordamento”, afirmou.

De acordo com o monitoramento do Consórcio dos rios PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí) no sábado (2) o rio chegou ao pico de 4,27 metros, faltando pouco menos de 50 centímetros para o extravasamento. 

De acordo com o PCJ, a partir de 3,70 metros de volume, o rio já entra na faixa de alerta. Aos 4,20 metros a fase passa para emergência e igual ou acima dos 4,70 metros, já ocorre o extravasamento do corpo d’ água. Nesta segunda-feira a vazão do Piracicaba estava pouco acima dos 300 metros cúbicos por segundo.

(Beto Silva)