,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Construção civil perde 1.199 vagas em um ano
  • Fundo de Segurança entrega reforma do Plantão Policial
  • Uniodonto realiza Congresso Odontológico

Festa das Nações começa com solenidade e desfile de rainhas
Walter Duarte
18/05/2017 14h45
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
418.jpg

Tradicional desfile de rainhas marcou abertura da 34ª Festa das Nações (Foto: M. Germano/JP)

O tradicional desfile de rainhas abriu ontem a 34ª edição da Festa das Nações de Piracicaba.

As 21 representantes das entidades subiram ao palco ao lado de integrantes do Tiro de Guerra para tradicional saudação ao público. O evento, que tem toda a renda revertida para as instituições participantes, espera receber 90 mil pessoas até domingo.

Em seu discurso de abertura, a presidente do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), Sandra Negri, agradeceu aos 7.000 voluntários e outros participantes que ajudaram a organizar a festa.

“Voluntários, entidades, funcionários da prefeitura e policiais. Sem eles não seria possível realizar essa festa tão grandiosa”, afirmou. O diretor da unidade de negócios da ArcelorMittal, Luís Augusto de Arruda Penteado, representando os patrocinadores do evento, disse que as empresas se enxergam nos objetivos da festa. “É um evento nobre e uma festa alinhada com os valores da nossa empresa. Teremos aqui uma grande semana”, disse.

Já o prefeito Barjas Negri (PSDB) fez questão ressaltar a importância da arrecadação desses cinco dias para o funcionamento das entidades.

“É a festa da solidariedade. Todo mundo trabalhando e se dedicando para que as instituições tenham apoio ao longo do ano para desempenhar suas atividades”, concluiu.

Além do caráter social, a Festa das Nações é uma importante oportunidade de negócios para uma série de microempreendedores e empresas que mantêm seus estandes no Parque do Engenho Central ao longo dos cinco dias. A empresária Sylvia Brandão, que atua com bordados, participa pela segunda vez do evento e espera bons resultados.

“Participei há três anos, quando ainda estava começando e tinha muito pouco material, e eu vendi muito bem. Estou de volta agora com uma boa expectativa”, avaliou.

PROGRAMAÇÃO — Entre hoje e sexta-feira os portões abrem às 18h e fecham às 21h30. No sábado, a abertura da portaria acontece às 10h e os ingressos poderão ser comprados até as 21h30, enquanto no domingo a venda ocorrerá entre 10h e 17h. Além das atrações gastronômicas — 18 restaurantes e três quiosques — haverá apresentações de grupos de dança contemporânea, ballet, flamenca e regionais, duplas sertanejas, músicos de viola caipira e bandas de rock, pop e blues. O valor cobrado no estacionamento particular da festa será de R$ 20 para carros e de R$ 10 para motos; deficientes e idosos poderão estacionar na Ponte do Morato, que terá vans e elevadores para transporte até a portaria.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar