,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Polícia Civil apreende 74 quilos de maconha
  • Artistas homenageiam Gilberto Gil em seu aniversário de 75 anos
  • Savegnago inaugura supermercado em julho

Polícia prende homem que assaltou Correios
Walter Duarte
19/06/2017 13h13
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
146.jpg

Assaltantes levaram R$ 180 mil de agência dos Correios na av. Armando Salles (Foto: Arquivo/M. Germano/JP)

As polícias Federal, Militar e Rodoviária prenderam, anteontem, no bairro Tatuapé, em São Paulo, um dos quatro assaltantes que participaram do roubo à agência dos Correios da avenida Armando de Salles Oliveira, no centro de Piracicaba, na última quarta-feira. 

Com ele, os policiais apreenderam um dos carros usados no crime, R$ 20 mil e 2,5 quilos de cocaína acondicionados em pinos. 

No assalto, três homens armados invadiram o local por volta das 11h e renderam funcionários e clientes. 

Eles esperaram o horário de abertura do cofre e fugiram levando R$ 185 mil. 

No dia da ocorrência, a PF havia estimado o prejuízo da estatal em R$ 100 mil. 

Apesar de apenas três homens terem efetivamente ingressado na agência, a PF trabalha com a suspeita de que quatro assaltantes participaram da ação. De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, a identificação do veículo foi decisiva para a prisão do envolvido. 

“As diligências preliminares permitiram identificar os automóveis utilizados pelos criminosos. Na tarde do dia 15, um dos envolvidos foi abordado pela Polícia Militar em São Paulo. Ele estava na posse de 2.500 pinos de cocaína. O indivíduo conduzia um automóvel utilizado no dia anterior durante o roubo praticado contra a agência central dos Correios em Piracicaba. Além de confessar a participação nesse crime, o preso entregou aos policiais a importância de R$ 20 mil proveniente do roubo”, afirmou, em nota. 

O homem, que não teve a identidade revelada, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, crime de competência estadual e com pena entre 5 e 15 anos de prisão e multa. 

O preso permanece à disposição da Justiça. 

Ele também será indiciado pelo crime de roubo, cuja pena é de 4 anos e 4 meses a 15 anos de reclusão, além de multa, no inquérito que apura o assalto aos Correios. 

Esse crime será investigado e julgado pela Justiça Federal por envolver uma empresa pertencente à União. 

As investigações prosseguem para a identificação dos demais envolvidos.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar