,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • 'Justin Bieber do Vidigal' irá desfilar no SPFW
  • Sucesso nos EUA e indicada para 10 Emmys, 'This Is Us', chega ao Brasi
  • Temer cancela indicação de Fernanda Farah à diretoria da Ancine

Unicamp oficializa interesse em administrar HR
Felipe Ferreira
11/08/2017 09h20
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 

A Unicamp formalizou junto ao governo do Estado de São Paulo o interesse em administrar o HR (Hospital Regional) de Piracicaba. De acordo com o CCS (Centro de Comunicação Social) da prefeitura, o documento com a solicitação foi encaminhado pela universidade ao secretário de Estado da Saúde David Uip em 27 de julho.

A informação foi confirmada pela Unicamp. Segundo a administração municipal, durante audiência do prefeito Barjas Negri (PSDB) com Uip para discutir questões relacionadas ao HR foram discutidas as manifestações da Unicamp para estar à frente da unidade.

No retorno de São Paulo, Barjas passou pela universidade onde falou com o reitor e a equipe de Saúde da instituição, pedindo que ratificasse, junto ao Estado, o interesse na administração do complexo hospitalar.

Na ocasião, Marcelo Knobel confirmou ao prefeito o interesse da Unicamp em assumir a gestão, salientando que técnicos da universidade já acompanhavam as obras da unidade.

A proposta da Unicamp visa firmar um novo convênio de parceria de gestão de serviços públicos de saúde com a Secretaria de Estado da Saúde, o que permitirá assumir a administração do hospital de Piracicaba. A Unicamp já havia manifestado interesse no hospital.

“A Unicamp entende que, ao participar como parceira na gestão de unidades de saúde de São Paulo, desempenha papel social que lhe cabe e insere-se em redes de saúde articuladas, que contribuem para a melhoria do padrão de saúde populacional e, cujas unidades, são campos de ensino e pesquisa para os diversos profissionais em formação pela instituição”, disse o reitor Marcelo Knobel.

Na conversa com Barjas, Knobel explicou que a universidade possui experiência na função, pois administra o Hospital Estadual de Sumaré e sete AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades).

Em Piracicaba, a Unicamp está presente por meio da FOP (Faculdade de Odontologia de Piracicaba) e na administração do AME do município. No ofício, o reitor salienta que há intenção explícita na gestão do hospital de Piracicaba, que já é de conhecimento da DRS-10 Piracicaba, da Prefeitura de Piracicaba e agora, oficialmente, do Estado.

OPINIÃO — Na avaliação do médico Carlos Yossef, presidente da Unimed, havendo a confirmação do Estado para que a Unicamp assuma a gestão do HR a população de Piracicaba e região tem muito a ganhar.

“Unicamp é sinônimo de qualidade e bom atendimento em todo o país, além de ser a melhor universidade do Brasil. Para a grandiosidade da Unicamp, que prima pela qualidade, a população tem muito a ganhar”, disse.

Questionado s obre eventual interesse da Unimed em gerir o HR, Youssef foi enfático ao afirmar não ter havido conversas nestes sentido, mas que a cooperativa está aberta a parcerias futuras com órgãos públicos.

“Estamos com um projeto para a construção de um anexo hospitalar do mesmo tamanho que o HR. Seria o caso de uma PPP (parceria público privada), procedimento que precisa ser avaliado e estudado diante das condições oferecidas. Dependendo da proposta, temos interesse, tudo tem que ser avaliado”, disse Youssef.

UNIDADE — O Hospital Regional de Piracicaba Zilda Arns Neumann, localizado no bairro Santa Rita, foi anunciado em 2009 e teve as obras iniciadas em 2010, durante a segunda gestão de Barjas Negri. A previsão inicial de conclusão era para 2012.

O HR ocupa um terreno de 80 mil metros quadrados dos quais 19 mil metros quadrados são de área construída. Até agora, o HR custou R$ 86 milhões, dos quais R$ 79 milhões foram pagos pela prefeitura e R$ 7 milhões repassados pelo Estado.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar