,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Todos os presidentes que ganharam filmes no País
  • Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
  • Ocimar Versolato morre aos 56 anos em São Paulo

Em 31 horas, adolescente é pego duas vezes por tráfico
Felipe Poleti
10/10/2017 12h36
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Um adolescente de 16 anos foi apreendido e solto por tráfico de entorpecentes duas vezes em menos de 48 horas. As ocorrências aconteceram neste final de semana onde o menino foi flagrado vendendo drogas em estrada rural na região de Anhumas e também no Castelinho. Apesar dos flagrantes, a autoridade policial acabou liberando o adolescente para a irmã e a mãe, após as responsáveis assinarem termo de compromisso.
 
A primeira apreensão do adolescente aconteceu, sábado, 7, por volta das 14h45. De acordo com o boletim de ocorrência, equipes da Polícia Militar e Ambiental estavam em patrulhamento na região de Anhumas quando avistaram uma pessoa entregando alguma coisa e outra recebendo algo em troca, levantando suspeita dos policiais. Com a aproximação da viatura, o indivíduo que recebeu saiu correndo, em fuga, sem ser identificado. O outro indivíduo foi identificado como um adolescente de 16 anos e em sua blusa foram localizados três pedras de crack, um papelote de maconha e um pino de cocaína, além de R$ 23 em notas e moedas.
 
Em interrogatório, o menino afirmou que o material ilícito encontrado era dele porém não disse qual seria a destinação e se manteve em silêncio. Na delegacia, o adolescente foi apresentado ao delegado de plantão que analisou os fatos e as circunstancias determinando a apreensão dos materiais e liberando-o na presença da mãe.
 
A outra apreensão deste mesmo adolescente aconteceu no domingo, 8, por volta das 21h40, no bairro Castelinho. Desta vez, quem avistou o menino foi uma equipe da Guarda Civil que o surpreendeu na posse de 14 pedras de crack, cinco pinos com cocaína e R$ 10 oriundos da venda das drogas.
 
Conforme explicaram os guardas que realizaram a apreensão, eles estavam em patrulhamento pela avenida Doutor Plínio Alves de Moraes, quando receberam denúcia de que, pela região, um adolescente estaria vendendo drogas. Apesar disso, o adolescente afirmou que é usuário e que não sabia como informar onde teria comprado o entorpecente que estava com ele. A mesma versão foi mantida em depoimento ao delegado de plantão. 
 
As substâncias foram pesadas e encaminhadas para exame pericial onde foi constatado 2,6 gramas de crack e 3,4 gramas de cocaína. Ainda, na delegacia, foi constatado que o adolescente não tinha nenhum mandado de busca e apreensão contra ele, motivo pelo qual foi, novamente liberado, desta vez na presença da irmã mais velha, que assinou termo de compromisso.
 
MAIS DROGAS - Equipe da Companhia de Força Tática prendeu um cabeleireiro de 22 anos por tráfico de entorpecentes. Ele estava com 64 pedras de crack. A ação aconteceu no domingo, 8, à tarde, quando os policiais estavam em patrulhamento preventivo pelo bairro Cecap onde, pela rua Lavinia Galesi Furlan Galzoni foi avistado uma pessoa agachada escondendo algo próximo à caixa de registro de água de uma praça pública.
O rapaz, ao avistar a viatura,fugiu em direção a rodovia do Açúcar (SP-308) e entrou em terreno baldio após pular um muro e, assim que tentou pular o segundo muro, foi capturado pela equipe já na rua Jacarezinho, no bairro Perdizes. Durante revista pessoal foi localizado 56 pedras crack, mais a quantia de R$ 10. Indagado, o cabeleireiro confessou que vendia drogas e levou os PMs até a praça onde havia escondido outras oito pedras de crack. O homem foi preso por tráfico e permaneceu à disposição da justiça.
¤
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar