,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Regina Volpato volta à TV aberta após 5 anos
  • As herdeiras do mundo da moda
  • Rio perde dois patrimônios de sua cultura

Focar no que nos une
Matheus Erler
12/10/2017 04h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 

Vivemos uma semana de experiências como há muito não temos no Legislativo Municipal, em que a produtividade, o alinhamento dos vereadores e o foco numa causa comum e urgente mostrou o quanto a Câmara de Vereadores é forte e suficientemente capaz de caminhar em unidade, apesar da diversidade política da composição dos seus mandatos.

Há duas semanas o prefeito Barjas Negri esteve na Casa em reunião com os 23 vereadores. O encontro aconteceu durante a suspensão do expediente de uma sessão ordinária, o que ocorre somente quando o tema é imensamente relevante e requer que todos os parlamentares estejam dispostos.

E todos estiveram. Independente do calor e estilo de cada atuação, ouvimos, questionamos, indicamos que os recursos devolvidos pela Câmara ao Executivo, num esforço conjunto de servidores e vereadores fosse destinados exclusivamente à saúde. E ouvimos do prefeito o que era possível, o que não era possível e seus pedidos de que todos ajudassem à sua maneira.

Barjas reconheceu o esforço de cada um, ponderou às críticas à sua gestão, reconheceu a infelicidade de ainda não ter conseguido colocar o Hospital Regional para funcionar e pediu ajuda. Mais que isso, deu ao seu pedido o tom de desafio, de que todos procurassem seus deputados para solicitar emendas e que os recursos pudessem auxiliar a minimizar já em 2018 os impactos da queda de arrecadação do município.

Numa ação rápida, os vereadores aceitaram o desafio, propuserem e já tramita na Casa em regime de urgência, a Frente Parlamentar Regional da Pró-Saúde. O vereador Gilmar Rotta registrou sua luta pelo aumento do teto do SUS em R$ 10 milhões, e numa atitude de grandiosidade política, compartilhou com todos a coautoria.

Pedro Kawai, presidente da Comissão de Saúde, junto com Rotta, deram os primeiros passos para a oficialização, através de propositura, da Frente e levaram em plenário a discussão, garantindo que todos participassem deste momento crucial para buscar para nossa população o melhor atendimento à saúde. Ali somaram-se argumentos importantes como de Laércio Trevisan Junior que, desde seu primeiro mandato, atua forte e criticamente nesta área.

E, também por iniciativa da vereadora Nancy Thame, todos foram convidados a estarem com o Governador Geraldo Alckmin, na terça-feira na Esalq, antecipando uma proposta do vereador Lair Braga de que uma comitiva fosse a São Paulo pedir o apoio do Governo do Estado. Mais da metade dos vereadores esteve ali representando a Casa toda, representando uma cidade inteira.

Enfim, com pouco mais de dez meses, esta formação da Câmara de Vereadores de Piracicaba, que tomou posse em janeiro deste ano, mostra o quanto é capaz de se postar como um corpo forte e unido, diante de uma causa urgente que é a saúde. Mesmo que as críticas sejam justas, mesmo que os problemas sejam muitos, o desafio de fazer a parte que nos cabe traz à Câmara de Vereadores a certeza de que é preciso, mais do que nunca, focar no que nos une.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar