,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Campanha de vacinação contra a gripe começa no dia 23 na cidade
  • Corte de vagas atrapalha trabalho do Conselho Tutelar
  • Hospital Regional completa 1 mês com 2.100 atendimentos

Despedida de padre Edvaldo de Piracicaba acontece em missa dia 21
Felipe Poleti
11/01/2018 11h22
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Os fiéis católicos de Piracicaba terão a oportunidade de participar, no dia 21 de janeiro, às 18h, da missa de despedida do padre Edvaldo de Paula Nascimento, pároco no Santuário Nossa Senhora dos Prazeres, que assume a paróquia Bom Jesus, em Rio Claro, no próximo dia 4 de fevereiro, com missa de acolhimento às 10h30. Esta foi uma das 14 alterações feitas pela Diocese de Piracicaba. As alterações atingem também Rio das Pedras, Rio Claro, Santa Bárbara D’Oeste, Santa Maria da Serra e Ipeúna, além do distrito de Ajapi (Rio Claro).
 
Conforme contou padre Edvaldo, que visitou a redação do JP na tarde de ontem, será preparada uma missa especial com algumas dinâmicas e também surpresas aos fiéis. “É um momento importante, porém muito difícil. Vou sentir saudades de tudo o que o povo piracicabano fez por mim. Por outro lado, será um momento bonito, de agradecimento a todos que participaram deste meu caminho no Santuário”, afirmou.
 
Após a notícia de sua saída da atual paróquia, de acordo com padre Edvaldo, a frequência de participação dos fiéis as missas cresceu. “Me surpreendeu, mas mostrou também a fé destas pessoas, muitas delas doentes, que voltaram aqui. O que emociona é o testemunho de fé que eles deram e mostra que nosso trabalho tem dado certo”.
 
Ao longo destes dez anos na paróquia, padre Edvaldo foi muito bem acolhido e atraiu multidões interessadas em ouvir seus sermões. “Alguns vinham nos abraçar, outros dar palavra de gratidão, inclusive ganhei muitos poemas, quadros e fotos com mensagens maravilhosas. Na internet me surpreendeu já que muitas pessoas, pelas redes sociais, foram corajosas em dar seu testemunho de fé e oração, pois é isso que muda a vida das pessoas”, completou.
 
Ainda com uma mistura de apreensão pela nova jornada e de emoção pela despedida, padre Edvaldo fez questão de lembrar que o que mais lhe deixou marcado neste tempo foi o grau de intimidade entre padre e povo, manifestado nas celebrações “no sentido de falar de Deus, ouvir falar de Deus e juntos sentirmos Deus na Igreja”, ponderou.
 
Sobre sua nova paróquia, lembrou que já a visitou e sentiu feliz com o acolhimento recebido. “Conversei com o conselho de pastoral e eles foram muito receptivos ao nosso trabalho, já que cada padre tem seu estilo de promover a palavra de Deus”.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar