,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Vacinação de idosos abre campanha
  • PM apreende meia tonelada de pasta base de cocaína
  • Oji Papeis investe R$ 1 milhão em 21 projetos

Piracicaba registra o segundo homicídio do ano
Cristiani Azanha
09/02/2018 15h59
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Um homem de 42 anos foi esfaqueado em frente da casa dele, no bairro Santa Teresinha, anteontem à noite. Ademilson Francisco chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até o Hospital Fornecedores de Cana, mas morreu na manhã de ontem. O caso está sendo apurado pelo Setor de Homicídios da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), mas, até a tarde de ontem, os policiais não tinham pistas sobre as circunstâncias do crime ou dos envolvidos. Foi o segundo caso de homicídio registrado na cidade em cinco dias.
 
Com relação a esse caso registrado no Santa Teresinha, a Polícia Civil foi informada apenas que um homem com vários ferimentos provocados por faca deu entrada no hospital, mas não há informações de quem seria o autor das agressões. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 6h de ontem.
 
 
OUTRO CASO — No sábado (03), o desempregado Wellington Rodrigo da Silva, 24 anos, foi assassinado com dois tiros no abdômen e na mão. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu até a Hospital Fornecedores de Cana, mas não resistiu. 
 
Na ocasião, a PM foi acionada a comparecer até a Travessa Esplanada, no bairro Jardim Ibirapuera, onde inicialmente iriam atender uma ocorrência de tentativa de homicídio, pois a vítima havia sido socorrida pelo Samu. Os policiais militares preservaram o local até a realização da perícia realizada pelo IC (Instituto de Criminalística).
 
Os policiais apuraram que a vítima estava caída na Travessa Espanada. Apesar de consciente, a vítima não conseguiu informar as circunstâncias do ocorrido e nem quem seriam os agressores.Silva recebeu atendimento no hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O boletim de ocorrência foi registrado como homicídio pelo plantão policial.
 
Em outra situação distinta, um ajudante geral de 27 anos foi atingido na mão e no abdômen, enquanto caminhava no Jardim Itapuã. Ele foi socorrido pelo Samu até a Hospital Santa Casa, onde permanecia internado até a tarde de ontem.
 
Segundo a PM, por volta das 22h30 a vítima caminhava pela rua Promissão, quando foi abordado por três ocupantes de um veículo branco, cujo modelo e placas não foram informados pelas testemunhas. Em seguida, um deles, que portava uma arma, deu dois tiros em direção ao rapaz e, em seguida, fugiram. Uma testemunha contatou a Polícia Militar pelo telefone 190. Uma equipe fez buscas nas imediações, mas ninguém foi preso. 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar