,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Campanha do Agasalho movimenta escolas
  • Rosana Fessel, a Maria da Penha de Piracicaba
  • Moradores de rua abandonam o vício e tentam dar a volta por cima

Polícia Civil vai apurar duas suspeitas de pedofilia
Cristiani Azanha
14/02/2018 15h19
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
A Polícia Civil vai apurar duas suspeitas de pedofilia registradas durante o fim de semana. Um dos casos ocorreu anteontem, após uma abordagem da Polícia Militar no Jardim Brasil. Os PMs localizaram fotos de crianças nuas, que estavam sendo compartilhadas pelo aplicativo Whatsapp. No último domingo (11), uma criança teria recebido imagens de um homem através de troca de mensagens pelo Facebook. A advogada Daniele Cristina Helleno orienta que os pais devem redobrar a atenção com as redes sociais dos filhos e diante de qualquer desconfiança devem procurar a polícia o mais breve possível.
 
Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 5h de anteontem, um homem foi abordado durante uma fiscalização de rotina, no carro dele nada de ilícito foi localizado. Questionado se teria sido preso anteriormente, o suspeito negou e para provar que nada devia à Justiça forneceria seu celular para que pudessem averiguar e assim foi feito. Ao verificarem o aparelho, os policiais informaram que localizaram diversas imagens de crianças nuas. As fotos teriam sido compartilhadas com outra pessoa pelo Whatsapp.
 
O homem foi levado ao plantão policial, onde foi registrado o boletim de ocorrência sobre o assunto e o aparelho do suspeito foi apreendido. Ele foi liberado, mas terá sua participação no esquema sobre divulgação de imagens de crianças apuradas posteriormente pela Polícia Civil.
 
No último sábado (10), a mãe de uma criança, que teve a identidade preservada, procurou à Polícia Civil para denunciar o caso de um homem que teria mandado foto nu para a filha através do Facebook. 
 
 
CUIDADOS — A advogada Daniele Helleno orienta que os pais devem redobrar a atenção nas redes sociais dos filhos, pois infelizmente pessoas má intencionadas aproveitam as oportunidades para conversar com crianças e adolescentes através das mensagens, sejam pelos aplicativos ou pelas mensagens através do Facebook. 
 
“Atualmente, nesse mundo tecnológico, é impossível deixar que os adolescentes tenham contato com os amigos pelo smartphone ou tablets, no entanto, os pais precisam ter alguns cuidados extras e, sempre que possível, olhar os aparelhos dos filhos, mas nada substitui uma boa conversa, pois ao primeiro sinal de que uma pessoa estranha está chamando para um bate-papo, ainda que seja aparentemente sem maldade, é importante contar para um adulto mais próximo, principalmente os pais”, disse a advogada.
 
 
MORTE — O fim de semana também foi marcado pela morte do motociclista Rildo César de Lima, 48, após bater em um carro, em um cruzamento na Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), próximo ao bairro Algodoal, na madrugada de sábado. A vítima chegou a ser socorrida pelo resgate do Corpo de Bombeiros até ao Hospital Fornecedores de Cana, mas não resistiu.
O acidente aconteceu por volta das 3h, de acordo com uma testemunha. O motociclista teria passado o semáforo, que estava fechado, e bateu em um Spacefox, conduzido por um estudante de 22 anos. Ele teria parado o carro para prestar socorro à vítima.
 
Os policiais militares rodoviários fizeram o teste do bafômetro no motorista do carro, que registrou 0,29 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, sendo aplicado apenas medidas administrativas. O veículo foi liberado para outro motorista habilitado.
O boletim de ocorrência sobre o assunto foi registrado como homicídio culposo (sem intenção). As circunstâncias do acidente serão apuradas posteriormente pela Polícia Civil. O motorista do carro foi liberado após prestar depoimento ao delegado plantonista Vicente de Almeida Prado Júnior.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar