,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • PM Ambiental multa madeireira em R$ 288 mil
  • Câmara aprimora sistema de transparência pública
  • Acipi recepciona general de divisão do Exército

Zona Azul será reajustada em até 25% a partir do dia 19
Walter Duarte
09/02/2018 12h05
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
A Estapar — empresa responsável pela administração da Zona Azul de Piracicaba — anunciou ontem um reajuste de até 25% nas suas tarifas a partir do próximo dia 19. Um decreto com os novos valores deve ser publicado na edição de amanhã do Diário Oficial do município. O último aumento concedido ao grupo ocorreu em fevereiro de 2015. Na ocasião, o aumento foi de 10,86% para todos os tempos de parada, exceto a meia hora. 
 
O custo para estacionar nas vagas do sistema durante 30 minutos e uma hora serão reajustados em 25%. O primeiro, que hoje é de R$ 1, passará a ser de R$ 1,25. Já o segundo, que hoje custa R$ 1,60, sobe para R$ 2. A tarifa para 90 minutos passa de R$ 1,90 para R$ 2,25 (alta de 18,6%), enquanto a de duas horas deixa de ser de R$ 2,20 e passa a ser de R$ 2,50 (aumento de 13,6%).
 
A chamada “tarifa de pós-utilização” — cobrada quando o usuário não paga pelo serviço, mas quer evitar a multa — também subirá. O preço para regularização feita até duas horas após a notificação pelos agentes de trânsito salta de R$ 5,50 para R$ 6. Já o custo para quem busca o serviço no dia útil seguinte a infração passa dos atuais R$ 11 para R$ 12. Estacionar nas vagas sem a utilização de ticket é considerado infração de trânsito e a multa é de R$ 195,23 e 5 pontos na carteira de habilitação.
 
“Os reajustes ficam abaixo do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do período (entre 2015 e o aumento atual). É a primeira vez que a tarifa de uso do estacionamento rotativo por 30 minutos é reajustada desde que a Zona Azul Digital foi implantada no município, em 2012”, informou, em nota, a assessoria de imprensa da Estapar.
 
A empresa afirmou ainda que, até a data estipulada para entrada em vigor das novas tarifas, os parquímetros serão reprogramados. Piracicaba conta hoje com 182 equipamentos que monitoram 4.445 vagas, sendo 3.461 vagas pagas (180 vagas destinadas para idosos) e 984 vagas gratuitas que são destinadas a pessoas com deficiência (92 vagas), para motociclistas (845 vagas), zona branca (33 vagas) e carro forte (14).
 
A fiscalização do serviço é feita por funcionários do grupo e veículos especiais, equipados com câmeras panorâmicas, GPS e leitor de placas que identificam e alertam a autoridade de trânsito sobre o eventual uso irregular das vagas.
 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar