,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Construção abandonada gera transtornos e moradores reclamam
  • Vendas no comércio crescem 3,6% no Dia dos Namorados
  • Rapaz é detido por populares após roubar celular de jovem

Calouros da Esalq arrecadam 300 quilos de alimentos
Da redação
14/03/2018 12h43
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Estudantes da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) doaram 300 quilos de alimentos para o Projeto Hug, que atende moradores em situação de rua na cidade. O material foi arrecadado na festa de recepção dos calouros, no último dia 1º, e entregue na tarde de ontem, no coreto da praça José Bonifácio.
 
Dentre os alimentos arrecadados estão arroz, feijão, açúcar, óleo, macarrão e fubá. “O propósito é interagir com o pessoal que está entrando na Esalq. Dentre todas as tradições da universidade, continuamos com a de doação de alimentos. Nós prezamos muito em ajudar a comunidade piracicabana. Não somos só um centro de educação e de pesquisa, o propósito também é fazer o bem através da instituição”, comentou o presidente da comissão de integração, Lucas Pincof.
 
No passado, foram contemplados o Lar Franciscano, Lar dos Velhinhos e Vicentinos. “Para o Projeto Hug também já doamos, e sabemos da seriedade do trabalho”, disse Mauro Barros, que faz a segurança e assessoria desses tipos de ações na escola.
A próxima arrecadação de alimentos acontece na Interreps, competição entre repúblicas que visa a prática de esportes e socialização entre os alunos.
 
 
ONG HUG — Criada há dois anos e seis meses, o projeto Hug tem como lema Um abraço pode mudar o mundo. As ações sempre são em prol dos moradores de rua. No início, funcionava somente como um bate-papo com essas pessoas, porém, ao longo do tempo, com arrecadação de alimentos e iniciativa do líder Julio Cesar Ferreira Martins, o projeto começou a crescer. “Levamos de 35 a 40 pessoas para a minha casa. Elas tomam banho e se alimentam”, contou Julio.
 
Alimentar a espiritualidade é uma das razões que fez a estudante Laura Xavier, 21, entrar no projeto. “Nós queremos ajudar eles a voltar para perto de Deus. Muitos dos que estão aqui estão perdidos e nós podemos os ajudar de alguma forma a sair dessa situação”, disse Laura. 
 
Os alimentos doados serão destinados ao preparo das refeições, que são entregues às segundas e sextas-feiras aos moradores, e também serão doados àqueles que já não moram mais nas ruas, porém ainda precisam de ajuda. O contato do Projeto Hug é (19) 99224-0457 (Juliana Lorraine).
 
 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar