,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Gretchen aproveita momento em alta e estreia reality show com sua família
  • 'Westworld' abre nova temporada com sangue
  • Com 'Despacito', 16 semanas no topo das paradas dos EUA, Luis Fonsi mudou o jogo

Pintor é assassinado perto do Teatro Municipal
Cristiani Azanha
13/04/2018 12h57
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
O pintor Richard Willian de Mendonça Soares de Godoy, 39, foi assassinado com golpes de faca no pescoço, próximo ao Teatro Municipal Dr. “Losso Neto”, no Centro, na noite de anteontem, após se envolver em uma discussão com um homem. Mesmo ferido, o pintor, que estava acompanhado da mulher, correu por aproximadamente um quarteirão, mas a vítima caiu desacordada. Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada, mas quando os socorristas chegaram a vítima já estava morta.
 
A discussão entre vítima e agressor aconteceu por volta das 23h30. A esposa do pintor relatou à Guarda Civil que o marido teria se desentendido com um eletricista, e, em seguida, eles passaram a trocar socos. O eletricista teria usado uma faca e acertou o pintor na altura do pescoço várias vezes .
 
Mesmo ferido, Godoy conseguiu correr por aproximadamente um quarteirão e caiu no cruzamento das ruas Gomes Carneiro com a Santa Cruz. Um guarda civil que trabalhava no teatro ouviu uma gritaria e, quando saiu ao lado externo, encontrou a mulher que estava ajoelhada próximo ao corpo do marido.
 
Os patrulheiros localizaram próximo ao corpo da vítima dois pedaços de madeira que tinham marcas de sangue e que também poderiam ter sido usados para golpear o pintor.
 
O boletim de ocorrência sobre o homicídio foi registrado no plantão policial através do delegado Alex Williams Adami, mas já está sendo apurado pelos investigadores do Setor de Homicídios da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que estiveram no local para fazer o levamentamento das circunstâncias do crime e já conseguiram identificar o suspeito, mas, até a tarde de ontem, ele ainda não tinha sido localizado pela polícia.
 
Não há informações sobre a motivação para a discussão entre vítima e agressor.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar