,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • As fases de Nara Leão
  • 'Além da 9': Ronaldo deve ganhar série dirigida por Bruno de Luca
  • Há 55 anos, estreava 1ª novela diária da TV brasileira

35ª Festa das Nações começa hoje no Engenho Central
Felipe Poleti
16/05/2018 13h47
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
A megaestrutura para a 35ª edição da Festa das Nações de Piracicaba já está montada no Engenho Central e pronta para receber de hoje até domingo (20) mais de 90 mil pessoas da cidade e região. Neste ano, a renda será revertida para 21 instituições que realizam projetos sociais na cidade e que, desta vez, representam 14 nações, sendo responsáveis por 17 restaurantes e dois quiosques que servem pratos típicos de várias nacionalidades. 
 
De acordo com a organização da festa, um mês antes do evento, o Engenho Central já se transformava com o apoio da mão-de-obra de quase sete mil voluntários que estarão distribuidos em 160 tendas que, somadas, ocupam 12 mil metros quadrados de cobertura. A novidade para este ano é a tenda para abrigar o público e minimizar o problema de chuva (caso ocorra), em seus 660 m2 de área. A segurança é de responsabilidade da Guarda Civil e serviço ambulatorial da Unimed, com ambulância UTI e Samu, além da Polícia Militar no entorno do Engenho Central.
 
“A Festa é uma oportunidade para que as instituições arrecadem uma boa parcela do valor necessário para o seu custeio anual. Precisamos, cada vez mais, divulgar a festa e fazer com que, com chuva ou sem chuva, as pessoas saiam de casa e participem. A cada ano trabalhamos para que o evento seja melhor e, podem ter certeza: a 35ª será a melhor de todas”, afirma o prefeito Barjas Negri (PSDB).
 
Os apreciadores da boa gastronomia encontrarão o melhor da cozinha de cada uma das nações representadas. São elas: Brasil (com Brasil Nordeste, Brasil Norte, Brasil Sul e Piracicaba), Alemanha, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Itália, Índia, Nova Zelândia, México, Nações Árabes, África, Portugal e Reino Unido. São centenas de pratos típicos, bebidas e sobremesas. Quem gosta e acompanha a festa sabe que os shows de música e dança também são outros pontos fortes. Nesta edição, a programação cultural vai da música clássica, passa pelo cancioneiro caipira, do choro, até chegar ao jazz, com especial valorização dos músicos e conjuntos piracicabanos. As atrações culturais e o menu de cada um dos restaurantes está disponível também no site da festa (https://bit.ly/1TdtnId).
 
ACESSO - Hoje, primeiro dia do evento, as bilheterias - localizadas ao lado da passarela Pênsil e da Estaiada (ambas na avenida Beira Rio) e na entrada do Parque do Mirante - abrem às 18h. O acesso à festa é liberado às 19h. Esses horários se repetem na quinta, 17, e na sexta-feira, 18. 
 
O acesso aos estacionamentos é fechado às 21h, na quarta, e às 22h na quinta e na sexta. Os convites param de ser vendidos às 21h30 na quarta, às 22h30 na quinta e às 23h na sexta. Já o fechamento do acesso à festa acontece às 22h (quarta), às 23h (quinta) e 23h30 (sexta). O encerramento é à 0h (quarta), 1h (quinta) e 2h (sexta).
 
No sábado e no domingo, as bilheterias são abertas às 10h e o acesso à festa pode ser feito a partir das 11h, para almoço. O fechamento do acesso aos estacionamentos ocorre às 22h (sábado) e 16h30 (domingo); o fechamento da bilheteria às 23h (sábado) e 17h (domingo); o fechamento do acesso à festa às 23h30 (sábado) e 18h (domingo) e o encerramento às 2h (sábado) e 20h (domingo).
 
Os convites custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Na quarta e na quinta, todos pagam meia-entrada. Os preços para estacionar são R$ 20 (carro e utilitário) e R$ 10 (moto). Quem desejar, pode comprar os convites pela internet (www.aloingressos.com.br). 
 
INSTITUIÇÕES - As instituições beneficiadas serão a AUMA, Lions Clube Independência, Apaspi, Grupo Escoteiro São Mario, Espaço Pipa, Escola de Mães “Profa Branca Motta”, Crami, Creche Marshlea Dawsey, Educando pelo Esporte, CRP, Sociedade de Apoio à Vida “Dr. Nelson Meirelles”, Sociedade Amigos de Vila Rezende, União Espírita de Piracicaba, Cesac, Funjape, Pastoral da Criança, Seame, Instituto Formar, Casa do Bom Menino, Pasca e Associação A Turma do Papai Noel.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar