,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • As fases de Nara Leão
  • 'Além da 9': Ronaldo deve ganhar série dirigida por Bruno de Luca
  • Há 55 anos, estreava 1ª novela diária da TV brasileira

Chuva contribui para derrubar temperaturas
Felipe Poleti
16/05/2018 12h41
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Após 33 dias, voltou a chover em Piracicaba ontem, com volume de seis milímetros das 6h até 12h, segundo dados do sistema de monitoramento de rios e clima do Consórcio PCJ (das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí). O último registro de chuva foi em 12 de abril com precipitação 1,3mm de acordo com a Base de Dados Meteorológicos da Esalq/USP. A previsão é que vai esfriar mais nos próximos dias.
 
O professor de Engenharia de Biossistemas da Esalq/USP, Felipe Pilau, lembrou que apesar da chuva ter sido de baixa intensidade, ela “abriu as portas” para a chegada do clima mais frio para a região. “Todo o Brasil estava cercado por uma forte massa de ar quente que impedia a ocorrência de chuvas e mantinha as temperaturas mais elevadas para esta época do ano. Como esta barreira foi quebrada, a massa de ar quente vem perdendo força e nos próximos dias devem acontecer mais precipitações e a massa de ar fria que está na região Sul deve chegar aqui e os termômetros marcar baixas temperaturas”, apontou.
 
O JP havia noticiado, no último domingo (13), os problemas com a escassez de chuva e a preocupação com o clima seco onde a umidade relativa do ar ficou abaixo dos 65% e a temperatura média chegou à 29°C. “Para o perímetro urbano esta chuva foi boa, pois elevou a umidade relativa do ar para mais de 90%. no entanto, não houve reflexo no setor produtivo da agricultura, como por exemplo, para a colheita devido a chuva, porém, a estiagem atípica nos últimos seis meses prejudicou a safra de cana, inclusive com a quebra da produção”, disse Pilau.
 
A vazão e o nível do rio Piracicaba seguem ainda abaixo da média histórica para o período, que é de 60m3/s e 1,6 metro, respectivamente. De acordo com o PCJ, o nível estava em 1,17m às 14h e a vazão, 28,3m3/s às 14h. A temperatura caiu para 20°C e a umidade relativa do ar ficou em 93%. 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar