,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • As fases de Nara Leão
  • 'Além da 9': Ronaldo deve ganhar série dirigida por Bruno de Luca
  • Há 55 anos, estreava 1ª novela diária da TV brasileira

Idoso dá lance de R$ 2,2 mi pelo triplex de Lula
Da redação
16/05/2018 13h20
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Um morador de Piracicaba, que não teve a identidade revelada, foi o primeiro a dar lance de R$ 2,2 milhões no leilão do triplex no Guarujá, que ocorreu ontem. Esse primeiro lance foi cancelado. O imóvel é atribuído, pela operação Lava Jato, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e foi arrematado por R$ 2,2 milhões pelo segundo lance, dado minutos antes do encerramento do leilão, às 14h de ontem. A Marangoni Leilões confirmou a informação do piracicabano interessado no imóvel. 
 
De acordo com um funcionário, que pediu para não ser identificado, o interessado de Piracicaba era um homem, de idade avançada e não divulgada, que apresentou o lance por volta das 21h de anteontem. Segundo o funcionário, o idoso teria se confundido, pois pretendia apresentar o lance na segunda praça do leilão, ou seja, caso o triplex não fosse arrematado nesta primeira praça, voltaria a ser ofertado com 80% do valor, cerca de R$ 1,760 milhão. “O senhor percebeu o erro e logo pela manhã entrou em contato conosco, devido a idade dele, nós levamos em consideração e cancelamos o lance, sem problemas”, contou. 
 
A empresa Guarujá Participações, do Distrito Federal, arrematou o imóvel e terá 72 horas para fazer o pagamento. Além do valor de R$ 2,2 milhões, o vencedor terá de pagar 5% de comissão ao leiloeiro (R$ 110 mil) e outros R$ 100 mil de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em atraso e que são de responsabilidade do comprador. 
 
Apesar de ter acesso ao imóvel apenas pelas imagens veiculadas na internet, o diretor do Secovi (Sindicato da Habitação) São Paulo, Angelo Frias Neto, avalia a compra como um bom negócio. Segundo ele, com os R$ 2,2 milhões pagos pelo apartamento no Guarujá seria possível adquirir um apartamento no edifício Lindenberg Timboril, no bairro Nova Piracicaba, com quatro suítes, varanda gourmet e condomínio com piscina em áreas aberta e coberta e churrasqueira, com taxa de condomínio no valor de R$ 1.100. 
 
Segundo Frias, outra opção seria uma casa no condomínio Terras de Piracicaba de três ou quatro suítes, piscina e taxa de condomínio de cerca de R$ 400.
 
Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em 2017, foram denunciados pelo Ministério Público Federal, pois seriam os verdadeiros donos do triplex no Guarujá. De acordo com a denúncia, as reformas feitas no imóvel pela construtora OAS eram parte de pagamento de propina da empreiteira a Lula por supostamente tê-la favorecido em contratos com a Petrobras. Em 12 de julho de 2017, o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, condenou Lula pelo recebimento de vantagem indevida e pela ocultação da titularidade do imóvel. A pena de nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva foi aumentada para 12 anos e um mês. Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba (PR). 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar