,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Festa de Tupi será neste sábado; festejos de São João começam às 6h
  • Campanha de vacinação contra gripe termina sexta
  • TCE julga irregular contrato do Semae

Clima da Copa já contagia piracicabanos
Da redação
12/06/2018 12h45
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
(Amanda Vieira/JP)
 
Faltando apenas dois dias para abertura oficial da 21º Copa do Mundo Fifa de 2018, os torcedores piracicabanos já estão preparados para celebrar o evento mais aguardado do ano.
 
O aposentado José Oliveira dos Santos, 73, popularmente conhecido como Zé da Porta, já está no clima para os jogos. Ele mesmo pintou de verde e amarelo a frente da sua casa e estiou diversas bandeiras do Brasil por toda parte. A decoração é tradição há mais de quinze anos, em edições anteriores da copa, ele organizou uma passeata na cidade. 
 
“Esse ano não posso organizar passeata pois estou com uma enfermidade nos ombros, por isso optei por pintar a minha casa. O objetivo é entrar no clima, sou um brasileiro apaixonado”, explica José. 
 
O Zé da Porta quer esquecer o vexame de 2014, quando o Brasil perdeu por 7X1 para Alemanha nas semifinais do campeonato. “Tenho muita fé de que esse ano vamos trazer o caneco para casa”, torce Zé.
 
Há anos o aposentado se reúne com os melhores amigos para assistir aos jogos. “Eu gosto muito desse período, me sinto tão feliz que nem sei explicar, fico com o coração na mão, é uma das minhas maiores alegrias”, diz o torcedor.
 
Ele conta que a sua expectativa é de ver o Brasil campeão, e diz não imaginar um resultado diferente deste. “Se o Brasil for campeão vou fazer um churrascão e convidar todos os amigos, vai ser uma festa”, conta José otimista.
 
Já no bairro Jardim Primavera a decoração ficou por conta da Associação dos Moradores do bairro, que está pintando as calçadas com as cores da bandeira. Segundo o presidente da Associação, Alexandre César Correia, 34, o “Xandão”, a intenção é de invocar o espírito torcedor do bairro. 
 
“Nos dias de jogo do Brasil vamos colocar uma televisão e iremos servir pipoca, suco, refrigerante e cerveja gratuitamente, por nossa conta.”, revela Xandão.
 
O objetivo é de reunir os moradores em confraternização e provar que o espírito de amizade prevalece no esporte. “Vamos agitar o bairro, incentivar os mais novos a perpetuarem uma tradição de mais de 20 anos. A copa é algo contagiante, no começo são poucas as pessoas que vêm assistir mas nos jogos finais o bairro todo marca presença, é bonito de ver”, explica Alexandre.
 
Ele ainda acrescenta que os mais velhos precisam resgatar nos mais novos a energia, a empolgação e a sensação de torcer para o país na Copa. “Temos que confiar no nosso país, torcer por ele”, aconselha o presidente da associação. 
 
Quem está realizando a pintura nas calçadas é o pintor profissional Luís Pires, 54, também morador do Jardim Primavera. “Estou dando uma ajuda para o Centro, tenho prazer em ajudar, temos que estar juntos nesse momento”, explica Luís que presta um serviço voluntário nas suas horas vagas.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar