,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Estrelas do pop apostam no gênero
  • Elifas Andreato reúne obra em livro
  • Pancadão implacável

Paraquedista é enterrado em Buenos Aires
Da redação
19/06/2018 15h08
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
O corpo do paraquedista argentino Alejandro Carlos Estrada, de 49 anos, será sepultado hoje em Buenos Aires. Ele morreu na última sexta-feira após um salto de paraquedas no Aeroporto Municipal de Piracicaba Pedro Morganti. Uma irmã do paraquedista veio ao Brasil na sexta-feira (15) e o translado do corpo ocorreu anteontem, segundo informações da funerária que atendeu o caso.
 
 Os amigos que acompanhavam Estrada em Piracicaba fizeram a transferência do corpo até uma clínica em São Paulo, onde foi feita a preparação para a viagem. Na Capital, a irmã da vítima fez os procedimentos para o translado à Argentina. De acordo com as informações da funerária Unidas, responsável pelos serviços em Piracicaba, o paraquedista deixou quatro filhos. 
 
O acidente ocorreu na manhã de sexta-feira. Ele saltou no aeroporto municipal usando um paraquedas de alta performance que possibilita um salto em velocidade. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a morte e a hipótese é de falha humana. Estrada tinha 30 anos de experiência em saltos e já chegou a praticar em Piracicaba. O equipamento usado pelo atleta foi recolhido para perícia, além de uma câmera que estava acoplada ao seu capacete. 
 
O delegado Rinaldo Puia contou que a hipótese de falha do atleta foi levantada com base nos depoimentos das testemunhas do acidente. Os relatos descartaram problemas no equipamentos que pertencia ao paraquedista.o que aponta para imperícia. O equipamentos também atendia às especificações para a prática do esporte.
 
O policial não informou quanto tempo levará para concluir o inquérito que vai depender dos laudos periciais do paraquedas e exames necroscópicos que apontarão o uso de álcool de ou outras substâncias que possam ter contribuído para o acidente. De acordo com Puia, o corpo apresentou múltiplas lesões e o exame deve apontar onde ocorreram os traumas. O sepultamento do corpo de Estrada está previsto para às 10h no Cemitério Memorial de Buenos Aires, onde a vítima morava.
 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar