Clássicos do cinema, no Losso Netto

A Temporada 2019 da OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) faz um passeio pela sétima arte, ao apresentar neste sábado (27) o espetáculo “A Orquestra no Cinema”, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto, às 15h30 e 18h. O repertório traz as trilhas sonoras dos filmes “2001 – Uma Odisseia no Espaço”, “Guerra nas Estrelas”, “Laranja Mecânica” e “Morte em Veneza”. As sessões têm entrada gratuita, sob regência do maestro convidado William Coelho. A distribuição presencial dos ingressos (um quarto da capacidade da sala de espetáculos) tem início uma
hora antes de cada sessão.

Das quatro peças escolhidas para o repertório, duas são de longas-metragens do cineasta Stanley Kubrick: “No Belo Danúbio Azul”, valsa de Johann Strauss Jr. que é uma espécie de
hino não oficial da Áustria e integra a trilha sonora de “2001 – Uma Odisseia no Espaço”, de 1968; e a Abertura da ópera “La Gazza Ladra”, de Gioachino Rossini, que em 1971 integrou o
filme “Laranja Mecânica”.

O programa conta também com o adagietto da “5a. Sinfonia”, composição do austríaco Gustav Mahler que o diretor de cinema Luchino Visconti incluiu no filme “Morte em Veneza”, em 1971. Para o encerramento, a OSP interpreta a “Suíte Sinfônica de Guerra nas Estrelas”, do filme “Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança”, de George Lucas. A obra rendeu ao compositor norte-americano John Williams o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original, em 1978.

Segundo o regente titular e diretor artístico da OSP, o maestro Jamil Maluf, o programa vem para diversificar o repertório da orquestra e ao mesmo tempo transportar o público para o universo da sétima arte. “Escolhemos músicas temas de filmes consagrados e de expressividade nos circuitos do cinema mundial, com a intenção de proporcionar diferentes vivências para os músicos e para o público”, explica Jamil Maluf.

A apresentação dos concertos acontece em horários diferentes dos convencionalmente realizados todos os meses porque os músicos seguem para o 50º Festival Internacional de
Inverno de Campos do Jordão, onde se apresentam no domingo (28), às 13h30, na Praça do Capivari. “Estar pelq quarta vez neste prestigiado evento nos permite novamente demonstrar a importância do trabalho de descentralização das artes e a força de Piracicaba na cultura”, avalia o maestro.

O maestro William Coelho, convidado para assumir a regência do programa, é paulistano e tem 36 anos. Ele é regente titular do Conjunto de Música Antiga da USP e do Madrigal Anhum, além de regente convidado da Orquestra Sinfônica da USP e maestro preparador do Coro da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo). William dá aulas de regência orquestral na Academia de Regência da Osesp, de canto coral no Instituto de Artes da Unesp e de regência coral na Faculdade Paulista de Artes. Como violista atua no sexteto Clio de música antiga e no
quarteto Pau-Brasil. É autor do Guia Didático para Cordas do Projeto Guri. Os concertos da Temporada 2019 são realizados com recursos da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo) e da Secretaria de Educação. O patrocínio é da Caterpillar, Comgás, Hyundai e Oji Papéis Especiais, o copatrocínio
do Grupo Pizzinatto, e o apoio da Candura, via Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal, e ProAC (Programa de Ação Cultural), do Governo do Estado de São Paulo. São parceiros
Empem, Oscip Pira 21, Cultura Artística, Rádio Educativa FM, AdesSign, Maison Vivenda Buffet, Revista Arraso e Jornal de Piracicaba.

SERVIÇO
Espetáculo “A Orquestra no Cinema”, com a Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Sábado (27), às 15h30 e 18h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto (avenida Independência, 277,
Centro). Entrada gratuita. Distribuição de ingressos 1 hora antes, na bilheteria do Teatro. Mais informações: www.sinfonicadepiracicaba.org.br ou (19) 3433-3264 e 3434-2168.