Cléber Gaúcho e 26 jogadores deixam o XV de Piracicaba

futebol ( Foto: Líder Esportes)

Com a eliminação na Copa Paulista, o XV de Piracicaba deu início nesta terça-feira (23) ao processo de reformulação do elenco. Porém, algumas situações devem ficar emperradas devido às eleições que serão realizadas no clube, em novembro. No próximo dia 10, acontece uma Assembleia Geral de Associados para eleger 15 conselheiros efetivos e mais 20 suplentes. Já no dia 13, será realizada a Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo, para eleger o presidente e vice-presidente da diretoria executiva, que assumirão o clube pelos próximos dois anos.

Após o processo eleitoral, os novos mandatários do Alvinegro darão sequência ao planejamento para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista. “Temos que aguardar os resultados das próximas eleições, por respeito ao outro candidato (Capitão Gomes). Há alguns jogadores com contratos a serem encerrados no final de dezembro, outros com vínculos mais longos. Nossa ideia é fazer o melhor trabalho possível até o dia 13 e esperar o desfecho das eleições”, disse Ricardo Moura, vice-presidente e diretor de futebol do XV.

Nesta terça-feira (23), após uma reunião dos responsáveis pelo futebol no clube, foram definidas as saídas de 26 jogadores. O goleiro Alyson; os laterais Calebe, Lucas Morais, Mario Sergio, Radar e Samuel Balbino; os zagueiros Caio Souza, Doni, João Victor, Lucas Mufalo, Victor e Vinícius Simon; os volantes Gabriel Tonini, Lucas Felipe e Pereira; os meias Bruno Oliveira, Cassio Gabriel, Rafael Rosa e Renan Zanelli; e os atacantes Erik Mendes, Kaio Lucas, Lucas Formiga, Marcelo Fernandes, Romarinho, Welton Paragua e William José terão os contratos rescindidos.

O goleiro Luiz Fernando, o volante Fraga e o meia André Cunha, que possuem contratos mais longos, permanecem no clube para a próxima temporada. Os goleiros Leonardo e Rander, e os atacantes Agnaldo e Danilo Melega, cujos contratos terminam ainda em 2018, seguem com a situação indefinida. O volante João Santos e o meia Rafael Mineiro, que passaram por cirurgia, seguem em tratamento no clube.

CLÉBER GAÚCHO

Cléber Gaúcho não é mais técnico do XV de Piracicaba. Devido à indefinição no clube e a boa proposta recebida, o treinador acertou a transferência para o Sertãozinho, que assim como o Nhô Quim, disputará o Campeonato Paulista da Série A2, em 2019. “O Cléber nos procurou e nos informou do convite do Sertãozinho para dirigir a equipe. Até por conta da indefinição sobre as eleições e da vontade dele, diante da proposta apresentada, não tínhamos muito o que fazer”, disse Ricardo Moura.

“Todos sabem da competência e da identificação que ele possui com o XV. Ele foi muito importante e desejamos sucesso nessa sequência da carreira”, completou. Em quatro passagens pelo Alvinegro, Cléber Gaúcho comandou a equipe em 90 oportunidades, tendo conquistado 40 vitórias, 31 empates e 19 derrotas, além de sagrar-se campeão da Copa Paulista, em 2016, garantindo a participação do clube piracicabano no Campeonato Brasileiro da Série D, na temporada seguinte.

( Líder Esportes)