Cléber Gaúcho vê derrota ‘justa’ em Novo Horizonte

XV O técnico Cléber Gaúcho admitiu a superioridade do Grêmio Novorizontino. ( Foto: Vitor Prates/Líder Esportes)

A derrota por 1×0 para o Novorizontino, na manhã do último domingo (14), em Novo Horizonte, deixou o XV de Piracicaba em situação delicada na briga pela classificação para a próxima fase da Copa Paulista. Com o revés, o Nhô Quim caiu para a terceira colocação do Grupo 8 e precisa vencer os dois próximos compromissos para não dar adeus à competição. Caso o Taubaté vença o Novorizontino na rodada de meio de semana, e na última rodada o Tigre derrote o Ituano, o Nhô Quim ainda dependerá do saldo de gols para avançar às quartas de final.

Para o técnico do XV de Piracicaba, Cléber Gaúcho, a derrota sofrida em Novo Horizonte acabou sendo justa. “Acredito que foi justa, principalmente depois que eles marcaram o gol. O jogo começou igual com as duas equipes finalizando. Nós não conseguíamos segurar a bola na frente para sair um pouco de trás. Sabíamos que a transição deles é rápida e algumas vezes erramos em não deixar um volante por dentro, deixando eles fazerem essa transição em velocidade”, disse o treinador, em entrevista à Rádio Educadora.

“Voltamos bem na segunda etapa, encaixadinhos e eles não estavam tendo chances, mas depois de um determinado momento precisamos abrir para tentar o gol e eles passaram a ter mais chances. Mesmo assim, eles conseguiam recompor bem”, completou. O XV de Piracicaba volta a campo nesta quarta-feira (17), às 20h, para encarar o Ituano, no estádio Barão da Serra Negra. Os zagueiros Doni, com dores na região lombar; Vinícius Simon, com lesão na panturrilha; e João Victor, suspenso devido à expulsão contra o Tigre, desfalcam o Alvinegro.

INGRESSOS

Apesar das duas derrotas consecutivas, o XV depende de suas próprias forças para avançar às quartas de final da Copa Paulista. Os ingressos para o confronto começaram a ser vendidos nesta segunda-feira (15), na secretaria do estádio municipal (rua Silva Jardim, 849, Bairro Alto). Nesta terça-feira (16), a comercialização acontece das 9h às 17h30. No dia do jogo, as entradas podem ser adquiridas das 9h ao intervalo da partida. Os valores são os seguintes: setores Preto (portão 1) e Branco (portão 6) custam R$ 20; o setor Azul (portão 2) custa R$ 30.

Pagam meia os aposentados, estudantes, PCD (Pessoas Com Deficiência) e professores da rede pública de ensino. A apresentação de documentos é obrigatória. Não pagam para entrar no estádio as crianças menores de 14 anos, acompanhadas pelo responsável, idosos portadores da carteirinha emitida pela Prefeitura de Piracicaba (portão 1) e cadeirantes (portão 7). O setor Vermelho (portão 4) ficará fechado para a entrada dos torcedores no Barão da Serra Negra.

( Líder Esportes)