Com lesão no joelho, Samuel pode passar por cirurgia

futebol O lateral Samuel é titular absoluto no lado esquerdo da defesa quinzista. (Foto: Arquivo/Mauricio Bento/Líder Esportes)

Titular absoluto nas 11 partidas que o XV de Piracicaba realizou na Copa Paulista, o lateral-esquerdo Samuel Balbino deve desfalcar a equipe na sequência da competição. O atleta sofreu uma lesão completa no ligamento colateral do joelho esquerdo e será avaliado por um médico especialista, para saber se haverá necessidade de intervenção cirúrgica. Por suspensão automática, devido ao terceiro cartão amarelo recebido diante da Ferroviária, Samuel já estava fora dos planos para o próximo jogo, sábado (22), contra o Rio Claro.

O meia André Cunha, que completou cinco meses da cirurgia para reconstrução do tendão de Aquiles, iniciou nesta semana o trabalho de transição do departamento médico para o campo. Ainda sem previsão de retorno, o atleta é uma opção para a sequência da Copa Paulista, já que o Alvinegro pode substituir seis nomes na lista de inscritos. “O André iniciou uma fase de transição e adaptação. Devido à lesão, ele teve uma alteração no tipo da pisada e necessita de uma nova adequação ao esporte. O tempo que durará essa transição (adaptação) é difícil estimar, pois depende da resposta ao estímulo. Isso será feito com muita calma para não prejudicar o jogador”, disse o fisioterapeuta Marcel Guarda.

Classificado para a segunda fase, o XV de Piracicaba volta a campo no próximo sábado, às 15h, para encarar o Rio Claro no estádio Barão da Serra Negra. A partida é válida pela última rodada da primeira fase da Copa Paulista. “Estamos focados para o jogo contra o Rio Claro e, independente de já termos conquistado a nossa classificação, vamos brigar para nos classificarmos bem. No sábado entraremos em campo buscando a vitória, como fizemos em todos os jogos”, disse o atacante Danilo Melega.

RENOVAÇÃO

Com o bom retrospecto do técnico Cléber Gaúcho à frente da equipe, invicto com três vitórias e três empates, a diretoria ajusta os últimos detalhes para a renovação do contrato do treinador, visando o Campeonato Paulista da Série A2, em 2019. Embora ainda não tenha assinado o vínculo, as conversas estão bem adiantadas. “O clube tem interesse na renovação, por conta da qualidade do profissional, o que já foi demonstrado não somente nessa, mas em outras passagens do treinador. Porém, não damos como certo, pois ainda há algumas questões a serem levadas em conta e não assinamos nada”, disse vice-presidente e diretor de futebol, Ricardo Moura.

(Líder Esportes)