Comissão de estudos da Lei Orgânica terá 14 vereadores

Catorze vereadores farão parte da comissão de estudos da Lei Orgânica do Município, criada após a aprovação do substitutivo 1 ao projeto de resolução 7/2017, anteontem, durante a 20ª reunião ordinária.
 
Integrarão o grupo Nancy Thame (PSDB); Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS); Carlos Gomes da Silva, o Capitão Gomes (PP); Jonson Sarapu de Oliveira, o Maestro Jonson (PSDB); Paulo Serra (PPS); Laércio Trevisan Jr. (PR); Lair Braga (SD); Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB); Matheus Erler (PTB); Rerlison Rezende (PSDB); Paulo Campos (PSD); Gilmar Rotta (MDB); Wagner Oliveira, o Wagnão (PHS); e Dirceu Alves da Silva.
 
Caberá ao grupo estudar e analisar a LOM; chamar pessoas que possam contribuir para ampliar o conhecimento sobre o tema; promover encontros, reuniões setoriais ou audiências para ouvir autoridades, representantes de segmentos e a população; e apresentar proposituras após análise da matéria.
 
A comissão terá até 180 dias, após sua nomeação, para apresentação dos resultados, prazo que pode ser prorrogado por igual período. O texto do PR aprovado cita que os artigos 29 a 31 da CF atribuíram ao município a responsabilidade de exercer o poder de forma mais independente, organizando-se para exercer os controles de gestão e produzir leis de interesse local.