Comissão de Estudos recebe denúncias sobre o Semae por e-mail

Cidadãos que tiverem interesse, informações ou denúncias que possam contribuir com os trabalhos da Comissão de Estudos constituída para averiguar problemas relacionados ao Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) poderão utilizar o endereço eletrônico [email protected]. Criado e divulgado inicialmente, o e-mail de domínio Gmail foi desativado.

A Comissão de Estudos, que tem como presidente Laércio Trevisan Jr. (PR), como relator Paulo Serra (PPS) e como membro Pedro Kawai (PSDB), recebe nesta quarta-feira (17/04) cinco servidores da autarquia que prestarão depoimentos relacionados às denúncias que foram feitas na Tribuna Popular da Câmara.

Segundo Trevisan, o Ministério Público recebeu na segunda-feira (15/04) toda a documentação já reunida pela comissão e, concomitantemente aos trabalhos, as atas dos depoimentos colhidos, as denúncias recebidas e todo e qualquer documento que chegar à comissão. São mais de 500 páginas levadas ao conhecimento do MP.

“Daremos toda a transparência nos trabalhos. Todos os procedimentos serão remetidos ao Ministério Público durante a tramitação da comissão, diretamente à Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, sob a condução do promotor Luciano Gomes de Queiroz Coutinho”, disse Trevisan.

LEIA TAMBÉM

Câmara aprova projeto de resolução que institui Comissão de Estudos do Semae
Vereador defende tarifa social do Semae
Regimento da Câmara não permite criação da CPI do Semae