Comissão de Estudos sobre o Semae tem trabalho prorrogado em 120 dias

Autarquia passará por mais 120 dias de “investigação” (Crédito: Amanda Vieira)

A Comissão de Estudos sobre o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) criada pela Câmara de Vereadores de Piracicaba terá mais 120 dias para concluir os trabalhos. A maioria dos parlamentares aprovou nesta segunda-feira requerimento do presidente da CE, Laércio Trevisan Jr (PL) solicitando a ampliação do prazo de conclusão. Com isso, o prazo que era 2 de agosto, será 29 de novembro.

A decisão de ampliar tempo de estudos sobre a autarquia não agradou os vereadores que compõem o grupo de apoio ao prefeito Barjas Negri (PSDB). Paulo Kawai (PSDB), que é membro da comissão, não assinou o documento e o também tucano José Aparecido Longatto propôs que a apreciação do requerimento de prorrogação fosse adiada por quatro reuniões ordinárias, porém, 11 dos 19 vereadores presentes não acataram o pedido e o requerimento passou.

OBSTRUÇÃO

O presidente da autarquia, José Rubens Françoso enviou um ofício ao presidente da Casa, Gilmar Rotta (MDB), no qual se diz surpreso com a proposta de prorrogação dos trabalhos da comissão. No documento Françoso argumentou que o Semae tem apresentado as respostas aos requerimentos solicitados pelos vereadores que compõe a CE. Trevisan viu a atitude do presidente do Semae como obstrução dos trabalhos da comissão e enviou um relatório ao Ministério Público narrando, desde a tentativa de adiamento do requerimento por parte de Longato, até o ofício de Françoso.

O presidente da comissão também relata que o presidente da empresa Águas do Mirante faltou à convocação para prestar esclarecimentos no último dia 5. Na reunião agendada para a tarde de hoje, são esperados o presidente da empresa e o diretor financeiro do Semae, ambos para prestar esclarecimentos.

O presidente do Semae enviou ontem ao Ministério Público, cópias de todas as respostas a requerimentos encaminhados pela Comissão de Estudos. “Não estamos medindo esforços para atender aos questionamentos da Comissão de Estudos, embora as demandas modifiquem a estrutura funcional dos servidores, encaminhamos respostas antecipadas do prazo regimental visando a continuidade nos trabalhos da CE”, declarou. Segundo ele, até o momento, a CE encaminhou oito requerimentos ao Semae, dos quais sete já foram respondidos.

Beto Silva