Confiança da indústria sobe 0,2 ponto em fevereiro, mostra prévia da FGV

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) teve avanço de 0,2 ponto na prévia da sondagem de fevereiro em relação ao resultado fechado do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, 23. Se confirmado, o indicador alcançou 99,6 pontos em fevereiro, o maior patamar desde outubro de 2013, quando estava em 99,9 pontos.

Houve melhora das expectativas, mas deterioração da percepção sobre o momento presente. Após a queda de 2,4 pontos em janeiro, o Índice de Expectativas (IE) subiu 2,6 pontos em fevereiro, para 100,6 pontos, patamar mais elevado desde setembro de 2013. Já o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 2,4 pontos, para 98,5 pontos, eliminando o ganho também de 2,4 pontos registrado em janeiro.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria indicou um avanço de 0,6 ponto porcentual na prévia de fevereiro ante o fechamento de janeiro, de 74,7% para 75,3%, o maior patamar desde junho de 2015 (75,8%).

A prévia dos resultados da Sondagem da Indústria abrange a consulta a 786 empresas entre os dias 1º e 20 de fevereiro. O resultado final da pesquisa será divulgado no próximo dia 28.