Confiança do Consumidor supera os 150 pontos

Vendas Resultado pode refletir no aumento das vendas. ( Foto: Amanda Vieira/JP)

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor Piracicabano), apurado mensalmente pelo Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista) de Piracicaba, teve forte alta de 45,4% em novembro, na comparação com o mês anterior, atingindo 150,1 pontos, o maior valor da série, iniciada em fevereiro de 2017. A elevação em relação ao mesmo mês do ano passado também foi significativa, de 53,8%. A alta do índice reflete o otimismo do consumidor piracicabano. A pontuação varia de zero (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total).

De acordo com a assessoria econômica da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), a evolução do indicador é resultado direto do período pós-eleitoral, aliado às boas perspectivas em relação ao 13° salário. A Federação também destaca que, com a injeção monetária da primeira parcela do 13º salário houve alívio no orçamento familiar, o que resultou no otimismo para a avaliação do consumidor.

Para o presidente do Sincomércio Piracicaba, Itacir Nozella, o resultado pode refletir em melhores vendas de fim de ano, na comparação com períodos anteriores. O Icea (Índice das Condições Econômicas Atuais) teve alta de 41,8% no mês e de 29,3% na comparação com novembro do ano passado, chegando a 111,8 pontos. O IEC (Índice de Expectativas do Consumidor) também subiu, 47% no mês e 38,8% na comparação anual, chegando a 175,6 pontos. O ICC é apurado mensalmente pelo Sincomércio Piracicaba, desde fevereiro de 2017. Os dados são coletados com 601 consumidores no município, com o objetivo de identificar o sentimento dos consumidores levando em conta suas condições econômicas e expectativas quanto à situação econômica futura.

RENEGOCIAÇÃO – A Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) e a Boa Vista – administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) realizam até 24 de dezembro mais uma edição da campanha Acertando as Contas – oportunidade para renegociação de dívidas do consumidor com empresas da cidade. No atendimento realizado na Acipi, o consumidor terá acesso à lista de empresas que participam da campanha para fazer suas renegociações.

(Eliana Teixeira)