Conselho de Segurança da ONU rejeita proposta russa de condenação a ataque

O Conselho de Segurança das Nações Unidas decidiu rejeitar a proposta da Rússia de condenar a ação militar ocorrida nesta madrugada coordenada pelos EUA, com forças do Reino Unido e França, a instalações de produção de armas químicas na Síria.

Apenas três países – Rússia, China e Bolívia – votaram a favor da resolução durante a reunião de emergência com os 15 membros do conselho, convocada pela Rússia neste sábado. Oito países votaram contra a proposta e três se abstiveram. A resolução precisa de pelo menos nove votos a favor para ser aprovada.

EUA, Reino Unido e França dizem que lançaram o ataque aéreo contra alvos sírios ligados ao desenvolvimento de armas químicas após obter provas de que gás venenoso foi utilizado na semana passada em Douma, nos arredores de Damasco. Rússia e Síria alegam que o ataque foi fabricado.