ConSertão de música caipira na Esalq

consertão Cantores sertanejos acompanhados pela Orquesta Sinfônica de Piracicaba se apresentam dia 17, às 19h. ( Foto: Gustavo Torres)

O projeto ConSertão acontece dia 17, às 19h, em homenagem a compositores da música caipira, no gramado em frente ao Edifício Esalq /USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo). O evento é realizado desde janeiro 2018, ao ar livre por cidades do interior paulista, conta com a presença dos músicos Cláudio Lacerda, Rodrigo Zanc e João Paulo Amaral, acompanhados pela Orquestra Sinfônica de Piracicaba. O ConSertão é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Raízen e Hyundai Glóvis. O evento tem entrada gratuita e solidária, o público pode doar 1kg de alimento não perecível que será destinado às Instituições Obras de Maria e Aliança de Misericórdia.

O cantor e violeiro da música caipira e diretor da Cantoria Produções Artísticas, Cláudio Lacerda, apresenta no evento o repertório de composições de grandes sucessos como Boiadeiro Errante, Chitãozinho e Xororó e Romaria. “Essas canções ajudaram a moldar a identidade cultural do interior de São Paulo e Estados vizinhos. O objetivo do projeto é elevar a música caipira a um patamar que ela merece, valorizando a cultura do campo”, disse o violeiro.

Em 2018, o projeto reuniu mais de 15 mil pessoas em passagem pelas cidades de Araçatuba, Araraquara, Barra Bonita, Paraguaçu Paulista e Piracicaba, onde estreou com sucesso. Lacerda tem a carreira dedicada à música campesina, com cinco discos lançados e participações de artistas essenciais para o gênero, como Renato Teixeira, Rolando Boldrin, Dominguinhos, Tinoco e Pena Branca.

A música caipira do interior do Estado São Paulo narra os cenários campesinos, a vida simples do povo, romances impossíveis, as dificuldades passadas quando se persiste na árdua vida do campo ou na tentativa da sorte nas cidades. A maioria dos compositores homenageados no projeto é de São Paulo. Entre eles estão Teddy Vieira, João Pacífico, Dino Franco, Tião Carreiro, Renato Teixeira, Rolando Boldrin e Elpídio dos Santos. Os arranjos são de autoria do músico Neymar Dias.

A coordenadora de Relações Externas da empresa Raízen, Débora Barros, ressalta a importância da iniciativa de garantir a inclusão de todos possibilitando e oferecendo cultura e arte para as pessoas. “Mais uma vez a Raízen colabora para o fortalecimento da cultura e tradição na nossa região. É um privilégio proporcionar momentos como este à comunidade para celebrar nossa herança cultural e homenagear grandes nomes da música caipira. A Raízen é uma grande entusiasta de iniciativas como esta, que oferece cultura e arte para um público diversificado. Um dos principais valores na Raízen é o ampliar o melhor de cada um. E é assim que atuamos em todas as nossas frentes de negócio, prezando pela igualdade e diversidade” disse.

O ConSertão será regido pelo violinista Luís Fernando Fischer Dutra, músico integrante da sinfônica piracicabana. Segundo Violinista, o projeto tem enorme importância, pois resgata duas culturas de raiz, a europeia e a viola caipira. ” É uma alegria receber o convite do Maestro Jamil Maluf para reger a OSP no Consertão. Desde criança tenho contato com a autêntica música sertaneja raiz, pois toda a minha família gosta muito. Já estava na hora do erudito e o caipira se darem as mãos para emocionar as pessoas e mais que isso, mostrar que mesmo com todas as suas diferenças é possível sim se juntar e produzir algo belo, algo que precisamos aprender e levar para a nossa vida em sociedade”

Serviço: O evento ConSertão acontece quinta-feira (17), às 19h, no gramado em frente ao Edifício da Esalq, Av. Pádua Dias. Entrada gratuita e solidária, com doação 1kg de alimento não perecível. Informações: facebook.com/consertao ou instagram.com/consertao.oficial .

(Raabe Kamala)