Convênio com o Detran permite que mais eleitores usem biometria no Rio

Convênio com o Detran permite que mais eleitores usem biometria no Rio
Fonte: Agência Brasil

Mais de 12,4 milhões de eleitores do estado do Rio de Janeiro devem ir às urnas no dia de hoje (7). Desse total, 2.319.134 eleitores fizeram o cadastro biométrico no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Entretanto, mais de 4,6 milhões vão poder votar pela biometria, desde que apresentem como documento com fotografia a carteira nacional de habilitação. Um convênio com o Detran, que cedeu o banco de dados, vai permitir que mais eleitores depositem o voto na urna biométrica.

De acordo com a diretora geral do TRE, Adriana Brandão, o convênio para uso do banco de dados foi feito também no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná.

Ainda segundo ela, não ficou acertado se esses dados serão transferidos de forma definitiva para o TRE ou se os eleitores ainda terão de fazer o cadastro biométrico no tribunal.

Dos 92 municípios fluminenses, em apenas sete todos os eleitores digitam o voto em uma urna biométrica: Búzios, Niterói, Queimados, Rio das Ostras, São João da Barra, São Sebastião do Alto e Trajado de Morais.

Depois da capital, os maiores colégios eleitorais ficam em São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e São Gonçalo, respectivamente.

Plebiscito em Petrópolis

Além da votação para presidente da República, governador, senadores e deputados, os 243.659 eleitores de Petrópolis participam de um plebiscito para decidir sobre o uso de tração animal nos passeios turísticos pela cidade. A cidade na região serrana do Rio de Janeiro é famosa pelos passeios de charrete nos arredores do Palácio Imperial.

 

Convênio com o Detran permite que mais eleitores usem biometria no Rio