Copa ECPA de Marcas & Pilotos define campeões

corrida Equipe Phoenix conquista título na light e novatos; divisão super registra virada. ( Foto: Adilson Zavarize)

A Copa ECPA de Velocidade foi definida no último sábado (20), em Piracicaba, com a disputa da sexta e última etapa da temporada no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo. O título estava em aberto nas três divisões da categoria Marcas & Pilotos: super, light e novatos. Quem levou a melhor foi a Equipe Phoenix, que emplacou o primeiro lugar em duas, com a dupla formada por  Júnior Palace e Neimar Barbosa (light), e o estreante João Paulo (novatos).

A festa da Equipe Phoenix não foi completa porque Guilherme Reischel, líder da divisão de elite, não pôde participar da última etapa, deixando o caminho livre para Rodrigo Moreno e Rodrigo Stefanini, que fez a pole e levou a melhor nas duas corridas. O duelo entre ambos seguiu até a última curva, quando Stefanini recebeu a bandeira mais uma vez para ultrapassar o adversário na classificação geral e conquistar o hexacampeonato da categoria.

LIGHT

A dupla da Equipe Phoenix formada por Júnior Palace e Neimar Barbosa não deu chance para o azar. Os líderes fizeram a dobradinha e garantiram o título da categoria. Neimar correu a primeira prova e largou bem, mantendo distância segura para o principal oponente, Thiago Roque, até receber a bandeirada. Palace assumiu o volante na segunda bateria e segurou a pressão de Roque, que acabou rodando. “A conquista aqui em Piracicaba é muito gratificante, principalmente pelo período que fiquei afastado. Conseguimos colocar em prática o que planejamos no começo do ano”, afirmou Júnior Palace.

NOVATOS

Na divisão novatos, o título foi confirmado com autoridade pelo piloto João Paulo, que assumiu a liderança na segunda etapa e abriu boa vantagem para os concorrentes nas duas últimas rodadas. No último fim de semana, ele venceu a primeira prova e garantiu matematicamente a conquista. “A sensação é de missão cumprida, mais uma vez. As equipes e pilotos que participaram da temporada fizeram bonito, tanto que em todas as categorias o título estava aberto. Agradecemos o ECPA pela dedicação e empenho para que o campeonato pudesse acontecer”, elogiou Cris Lima, chefe de equipe da Phoenix.

( Líder Esportes)