COPA PAULISTA: Em jogo fraco, XV fica no empate com o Água Santa

Nhô Quim empatou em 0 a 0 em São Bernardo do Campo (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Nhô Quim se mostrou forte defensivamente, mas pecou no ataque e não conseguiu vencer o Netuno no Barão

O XV de Piracicaba empatou com o Água Santa em 0 a 0 na noite de ontem, no Estádio Barão da Serra Negra. Com o resultado, o Nhô Quim continua na segunda posição do Grupo 6, com sete pontos e perdeu a chance de se classificar antecipadamente. O Netuno continua em segundo, agora com dois pontos. O XV volta a campo na próxima quarta-feira (18), às 15h, diante do Nacional, no Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo.
Precisando vencer para continuar vivo na competição, o Água Santa começou o jogo pressionando o XV, porém a forte defesa alvinegra evitou qualquer chance real de gol. Quem chegou pela primeira vez foi o XV, com chute de Kadu Barone na entrada da área, aos 10 minutos, porém Thomazella defendeu sem problemas. A equipe de Diadema chegou com perigo aos 18 minutos, com o atacante Uederson, que dominou, girou e bateu para o gol e a bola passou perto do ângulo de Luiz Fernando.
O Nhô Quim quase abriu o placar com Cássio Gabriel, que, aos 23 minutos, pegou a bola na lateral, escapou do carrinho do lateral do Netuno, avançou até o campo de ataque e bateu da entrada da área, porém a bola foi para fora. No minuto seguinte, o Água Santa respondeu com Uederson, que também chutou rasteiro e a bola também saiu pela linha de fundo. Quatro minutos depois, O XV puxou contra-ataque com Cássio Gabriel, que tocou para Macena, que ao tentar tocar de calcanhar para Erick Salles, foi desarmado. A bola sobrou para Cássio, que bateu de primeira e a bola foi pra fora.
O confronto seguiu equilibrado no primeiro tempo, sendo que o XV voltou a chegar ao ataque aos 40 minutos, em chute forte de Macena, na qual Thomazella defendeu “no susto”.
No segundo tempo, novamente o Água Santa dominou as ações e chegou com Prego e Fabrício, porém o primeiro lance foi para fora e o segundo a bola foi desviada e perdeu velocidade, para fácil defesa de Luiz Fernando. Após falhar no ataque, o Netuno puxou contra-ataque com Uederson, que a conduziu e deu um belíssimo passe para Anselmo Tadeu, que, na cara do gol, tirou de Luiz Fernando, porém a bola foi pra fora.
Até a metade do segundo tempo, o jogo ficou truncado no meio campo e quando as equipes ensaiavam um ataque, a zaga do adversário se sobressaía. Aos 22 minutos, o Água Santa furou o bloqueio do Nhô Quim, porém no cruzamento de Bocão, Tom cabeceou por cima do gol. Aos 26 minutos, o XV deu a resposta com Macena, que após linda jogada de Kadu Barone, que tirou dois zagueiros e cruzou, o atacante quinzista cabeceou e a bola saiu ao lado da trave esquerda do Água Santa.
O XV teve sua melhor oportunidade aos 31 minutos, Danilo Bueno cruzou na medida para Marcel, que cabeceou na pequena área e o goleiro Thomazella defendeu no reflexo. Na sobra, Douglas Marques emendou uma bicicleta para a pequena área, porém o ataque quinzista não aproveitou a chance.
Aos 35 minutos, Misael roubou a bola do defensor do Netuno e deixou Macena na cara do gol, porém o atacante pegou embaixo da bola, que subiu e saiu pela linha de fundo. Cinco minutos depois, Macena recebeu novo passe para ficar de frente para o gol, mas desperdiçou novamente.

Imagens:Claudinho Coradini/JP

Texto: Mauro Adamoli
[email protected]