Coreias e EUA verificam desarmamento da zona de segurança conjunta

Coreias e EUA verificam desarmamento da zona de segurança conjunta
Fonte: Agência Brasil

As duas Coreias e o Comando da Organização das Nações Unidas (UNC), liderado pelos Estados Unidos, verificaram o desarmamento da Zona de Segurança Conjunta (JSA, na sigla em inglês) – única área de fronteira onde tropas dos três países ficam frente a frente, informou neste domingo o governo de Seul.

As três partes verificaram de sexta-feira para sábado a retirada do armamento e dos postos de guarda da região e confirmaram “que os passos do desarmamento foram dados com sucesso pela primeira vez desde que a JSA foi criada em 1953”, informou o Ministério de Defesa de Seul em comunicado divulgado pela agência de notícias “Yonhap”.

Coreia do Sul e Coreia do Norte, que permanecem tecnicamente em guerra, decidiram desarmar a área com base no acordo militar que assinaram em setembro em Pyongyang durante sua última reunião para diminuir a tensão na JSA e em outras áreas fronteiriças.

A UNC está incluída nas atuais negociações porque administra a faixa sul da zona desmilitarizada que divide as duas Coreias e em cujo centro fica a JSA.

Cumprindo o acordo, a Coreia do Norte eliminou cinco postos militares dentro da área, enquanto a Coreia do Sul retirou quatro.

As duas Coreias e a UNC vão a partir agora ter conversas adicionais para a abertura de novos postos para funcionar na JSA desarmada e reajustar a equipe de vigilância, segundo o comunicado.

Coreias e EUA verificam desarmamento da zona de segurança conjunta