Corinthians empata com o Vasco em Manaus

Timão novamente saiu na frente, mas desta vez não conseguiu segurar a vitória

O Corinthians empatou com o Vasco por 1 a 1 na noite do último sábado (4), na Arena da Amazônia, em Manaus, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro Série A. Mateus Vital abriu o placar para o Timão, enquanto que Maxi López empatou para os cariocas ainda na primeira etapa. Com o resultado, o Alvinegro Paulista caiu para o décimo primeiro lugar, com quatro pontos, enquanto que o Cruzmaltino somou seu primeiro ponto e é o lanterna da competição. O próximo jogo do Corinthians será no sábado (11), às 19h, contra o Grêmio, na Arena Corinthians, pelo Brasileirão.

O JOGO

Logo aos dois minutos, o Vasco teve a primeira chance de perigo. Danilo Barcelos cruzou e Luiz Gustavo completou a investida, porém a bola passou por cima. Aos 10, o Corinthians revidou. Pela esquerda, Mateus Vital deu um belo chute e por pouco não acertou a meta da equipe carioca. Aos 16 minutos, novamente pela esquerda e com Mateus Vital, o Timão abriu o placar. O meia fez belíssima jogada individual, passou por dois marcadores vascaínos e chutou rasteiro para marcar o primeiro gol.

Ainda no primeiro tempo, Rossi caiu em disputa de bola com Carlos Augusto. A arbitragem assinalou escanteio, porém o VAR chamou o árbitro a respeito de um possível pênalti. Após analisar o lance, a penalidade foi marcada. Na cobrança, Maxi López bateu na direita e rasteiro, deslocando o goleiro Cássio para empatar o confronto.

O Corinthians começou com bom ritmo o segundo tempo e criou uma chance logo no primeiro minuto. Vagner Love recebeu pela esquerda e tocou para Jadson na entrada da área. O meia bateu, mas não acertou o gol. Aos três, o Vasco chegou com perigo e obrigou Cássio a fazer duas boas defesas. Aos 30, pela esquerda, Clayson, que havia entrado na etapa final, fez bom cruzamento, Vagner Love subiu, cabeceou, mas não acertou o alvo.

TABU INDISGESTO

Com o resultado, o Timão chegou a 13 jogos sem vitória fora de casa pelo Campeonato Brasleiro. O último triunfo foi justamente contra o Vasco, quando vencer por 4 a 1 em Brasília. No período foram três empates (América Mineiro e Vitória em 2018 e Vasco em 2019) e 10 derrotas (Chapecoense, Fluminense, Ceará, Palmeiras, Santos, Botafogo, Cruzeiro, Athletico Paranaense e Grêmio em 2018 e Bahia em 2019).