Corinthians joga contra o Wanderers no Uruguai

Timão leva vantagem de 2 a 0 construída em São Paulo. (foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O Corinthians enfrenta o Montevideo Wanderers nesta quinta-feira (1º), às 21h30, no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana 2019. O Timão venceu o primeiro jogo pelo placar de 2 a 0 e pode perder por até um gol (ou dois, desde que marque gols) para avançar de fase. Novo 2 a 0, agora para os uruguaios, levará a decisão para os pênaltis. O Wanderers precisa ganhar por três gols de diferença para avançar. O vencedor enfrentará o Fluminense nas quartas de final.

A equipe titular terá a entrada do lateral Carlos Augusto, que substituíra Danilo Avelar, que será poupado por desgaste físico. O volante Gabriel é outro que deverá integrar os onze iniciais. “Isso mostra a força do grupo. Quem está entrando, trabalha forte no dia a dia. Quem entrar, vai dar o máximo para ajudar a equipe”, afirmou Carlos, que foi seguido por Gabriel em sua resposta. “Ele está pensando não no clássico, mas no jogo de quinta. Alguns jogadores estão desgastados, e o Carille vai colocar em campo quem está melhor para sair com a classificação”, explicou o volante.

Mesmo com a boa vantagem por 2 a 0, a equipe corintiana sabe que não deve jogar como se já estivesse classificado, já que a equipe uruguaia pode surpreender. “Isso é uma armadilha, a gente não pode se descuidar. Eles não chegaram nessa fase à toa. Temos que mostrar a força do Corinthians e sair classificados”, afirmou Carlos Augusto. “Eles vêm para o jogo da vida, estão priorizando a Sul-Americana como última esperança. Mas também vamos para o nosso jogo da vida. Todos que estarão em campo vão buscar fazer o melhor para vencer a partida”, completou Gabriel.

O Corinthians disputa as oitavas de final pela quarta vez em sua história e passou para a fase seguinte apenas na edição de 2005, quando eliminou o River Plate-ARG. Nas outras participações, foi eliminado por Lanús-ARG em 2006 e Racing-ARG em 2017. O Montevideo wanderers só disputou as oitavas em 2016, ano em que foi eliminado pelo Junior-COL.

Mauro Adamoli
[email protected]