Corinthians recebe o Athletico-PR em Itaquera

Na partida, Fábio Carille se tornará o 7º treinador que mais dirigiu o Timão na história. (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

O Corinthians enfrenta o Athletico Paranaense hoje, às 19h15, na Arena Corinthians, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019. O Timão está na parte de cima da tabela, com 42 pontos e precisa da vitória para continuar no G4. O Furacão está com 34 pontos, porém, por ser o campeão da Copa do Brasil, os paranaenses não tem a preocupação de terminarem entre os primeiros colocados para se classificarem para a Libertadores.

A equipe paulista aproveitou a semana para melhorar a parte tática da equipe, na qual o técnico Fábio Carille deu diversas instruções de posicionamento, já que, após a partida diante do Grêmio, o comandante disse que não mudaria o esquema tático. Para o jogo, o Timão não terá Pedrinho e Júnior Sornoza, que estão com a Seleção Olímpica e do Equador, respectivamente. A partida contra o Athletico será histórica para Carille, que comandará o Corinthians pela 178ª vez em sua carreira, se igualando a Armando Del Debbio, como o 7º técnico que mais dirigiu o Alvinegro na história, ficando atrás apenas de Oswaldo Brandão (435 jogos), Tite (378), Mano Menezes (248), Amílcar Barbuy (239), Rato (227) e Nelsinho Baptista (192).

Um dos destaques do Furacão para o confronto na Arena é o meia Léo Cittadini (ex-Santos), que tem marcado gols importantes, como nos últimos jogos contra Fortaleza e Bahia, além o tento na final da Copa do Brasil. “Tenho tido uma sequência e tenho conseguido ajudar. Nos últimos cinco jogos, consegui fazer três gols. Isso dá confiança para seguir evoluindo”, ressaltou o meia, que sabe da dificuldade de enfrentar o Corinthians.

No primeiro turno, o Corinthians venceu por 2 a 0 no Paraná, gols de Vágner Love e Pedrinho. Os últimos três jogos entre Corinthians e Athletico Paranaense em São Paulo terminaram empatados, sendo que o último, no Brasileirão de 2018, terminou em 0 a 0. A última vitória do Timão sobre os paranaenses em seus domínios foi no Brasileiro de 2015, quando venceu por 2 a 0, gols de Elias e Jádson. O último triunfo do Furacão como visitante foi no Brasileirão de 2009, quando venceu por 3 a 1, gols de Paulo Baier, Wallyson e Wesley, com Jucilei marcando o tento de honra corintiano.

Mauro Adamoli
[email protected]al.com.br