Corpo do colecionador João Sattamini foi sepultado no Rio

Corpo do colecionador João Sattamini foi sepultado no Rio
Fonte: Agência Brasil

Foi enterrado hoje (21) o corpo do economista João Sattamini. Ele tinha 83 anos e era um dos maiores colecionadores de arte do país. Seu acervo de cerca de 1.200 peças estava exposto no Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC). Sattamini estava internado há dois meses no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. E morreu vítima de um ataque cardíaco, na manhã de ontem.

Sattamini possuía a segunda coleção de Arte Contemporânea do país. O acervo possui peças de João Carlos Goldberg, Frans Krajcberg, Tomie Ohtake, Abraham Palatnik, Mira Schendel e Carlos Vergara. Ele começou a colecionar obras de arte nos anos 1960, quando morou em Milão, na Itália.

O Museu de Arte Contemporânea de Niterói fica no bairro de Boa Viagem, na cidade fluminense, às margens da Baía de Guanabara. Foi projetado por Oscar Niemeyer, inaugurado em 1996, especialmente para receber as obras de Sattamini. Os obras estão no MAC em regime de comodato.

Corpo do colecionador João Sattamini foi sepultado no Rio