Cruzamento no Cidade Alta traz medo a moradores

Problema está entre as ruas Alfredo Guedes e 13 de Maio (foto: Claudinho Coradini/JP)

O cruzamento das ruas Alfredo Guedes com a 13 de Maio, no bairro Cidade Alta oferece riscos para pedestres e motoristas. A constatação é dos moradores e comerciantes daquela região. O principal problema, no entanto, vem de parte dos motoristas que não obedecem o sinal de parada, a Alfredo Guedes.

Com isso, os acidentes têm sido comuns no cruzamento. Quem vive ou trabalha naquela região tem uma história para contar sobre batidas de carro ou freadas bruscas.

Uma das pessoas mais atingidas pelos desastres na esquina é o comerciante Marcos Antônio Bacchim. Há 53 anos no local, ele conta que nem sempre o ponto ofereceu risco, como acontece hoje. “Quando a Alfredo Guedes (rua) era preferencial não acontecia esse tipo de coisa”, lembra. Para ele, se houvesse essa alteração o problema dos acidentes e colisões estariam resolvidos.

Enquanto isso não ocorre, coube ao comerciante proteger o seu comércio dos carros desgovernados que inevitavelmente vão para a calçada dos seus estabelecimentos após baterem em outro.

Para isso, o comerciante colocou duas manilhas de concreto (como as usadas em tubulação de esgoto) para evitar que os veículos desgovernados entrem em seu estabelecimento. “Uma vez uma moça ficou presa dentro do carro, porque as portas não abriam, os bombeiros precisaram serrar o carro para tirarem ela”, contou.

A Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte) foi procurada para comentar o problema apontado pelo comerciante, mas não se manifestou até o fechamento desta matéria.

Beto Silva
[email protected]