,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Internautas dão dicas para 'estragar' Natal da família no Twitter
  • Com direção de Rian Johnson, 'Star Wars – Os Últimos Jedi' chega às telonas
  • Sai livro em que Ariano Suassuna trabalhou por 33 anos

Prefeitura suspende licitação do Losso Netto
Da redação
18/04/2017 13h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
253.jpg

Cancelamento foi divulgado no Diário Oficial; ainda não há data de republicação (Foto: Amanda Vieira/JP)

A Prefeitura de Piracicaba suspendeu a Concorrência Pública nº 03/2017 para a realização da segunda etapa das obras de reforma do Teatro Municipal Dr. Losso Neto, fechado desde 2013.

O cancelamento foi divulgado no DOM (Diário Oficial do Município) de sexta-feira, 14, sendo que a abertura da licitação estava marcada para ontem.

Segundo o Executivo, a suspensão foi feita “de forma cautelar” e foi tomada porque uma das empresas concorrentes interpôs recurso ao edital.

“Ao contrário do que exigiu no ano passado o próprio Tribunal de Contas do Estado (TCE), a empresa questionou a ausência da exigência de atestados de capacidade técnica. Vale ressaltar que, neste novo Edital, a não obrigatoriedade dos atestados foi definida com base em recomendações feitas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo”, afirmou a prefeitura em nota. Segundo o Executivo, em setembro do ano passado, o TCE editou as Súmulas 49 e 50/2016 sobre várias questões, entre elas a inclusão de empresas em recuperação judicial e atestados técnicos. Neste ano, a Procuradoria sugeriu a republicação do Edital, para inclusão das Súmulas.

“A prefeitura sempre exigiu atestados de capacidade técnica, com objetivo de evitar o aparecimento de empresas ‘aventureiras’ nas licitações, sem qualquer experiência na área cenotécnica”, continua a nota. Segundo o procuradorgeral, Milton Sérgio Bissoli, a Procuradoria pretende agilizar a apreciação do recurso e republicar o mais rapidamente o edital.

HISTÓRICO — O edital, no valor de R$ 1,2 milhão, recurso que virá de remanejamento, contempla obras de adequação para a reabertura do espaço, fechado ao público desde abril de 2013.

No fim de janeiro, o prefeito Barjas Negri anulou quatro processos licitatórios de obras de construção, ampliação e reforma, que somavam mais de R$ 19 milhões, por insuficiência de recursos.

Entre as licitações estava a do Teatro, no valor de R$ 5,068 milhões. no entanto, havia no Orçamento 2017, R$ 760 mil, que foram reduzidos para R$ 228 mil com o contingenciamento de 70%.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar