,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Todos os presidentes que ganharam filmes no País
  • Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
  • Ocimar Versolato morre aos 56 anos em São Paulo

3ª Exposição Nacional Arte Sobre Caixa de Fósforos tem 220 obras
Thainara Cabral
06/12/2017 14h22
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Variadas técnicas artísticas em seus mínimos detalhes podem ser observadas na 3ª Exposição Nacional Arte Sobre Caixa de Fósforos, a ser aberta hoje, às 16h30, na Casa do Povoador. São 220 trabalhos, produzidos por 88 artistas de diferentes Estados. Tinta a óleo, acrílica, aquarela, cerâmica, patchwork, fuxico, fotografia e cartum foram confeccionados sobre caixinhas de fósforos tradicionais para a mostra promovida pela SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultura e Turismo). A coleção de obras pode ser vista até 18 de fevereiro de 2018. A entrada é gratuita.
 
Foram inscritas neste ano para a exposição 241 obras, que passaram pela seleção e curadoria do artista plástico Odair Jorge Demarchi. Entre os autores dos trabalhos selecionados estão os fotógrafos do Jornal de Piracicaba Amanda Vieira e Claudinho Coradini. Parte das artes sobre caixa de fósforos que integram a mostra foi confeccionada durante o Encontro de Arte Minimalista realizado na Casa do Povoador, em outubro. Também assinam obras da exposição artistas de Campinas, Atibaia, São Paulo, Hortolândia, São Roque, Rio Claro, Cotia, Americana, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro.
 
As caixas medem cerca de 4,5 centímetros de comprimento e três de largura. Margarete Zenero, idealizadora da mostra e coordenadora da Casa do Povoador, explicou que a criação sobre as caixinhas de fósforos é livre. “Há colagens, dobraduras, esculturas e diferentes técnicas de pinturas, seja acadêmica ou contemporânea. Não há restrição de vertente artística, temática ou idade, tanto que temos a participação de um grupo crianças neste ano”, contou Margarete, acrescentando que a ideia da exposição foi inspirada em trabalhos postados no Facebook, de um grupo coordenado pelo artista Oswaldo Pullen, de Brasília, que produziam obras sobre caixa de fósforos.
 
Para a titular da SemacTur, Rosângela Camolese, a diversidade de técnicas utilizadas para a produção dos trabalhos é inigualável. “A mostra apresenta riqueza de detalhes com colagens, pinturas em aquarela, óleo, acrílica, guache e outras técnicas que proporcionam o encanto em pequenas dimensões, como em uma caixinha de fósforo”, ressaltou.
 
De acordo com Odair Demarchi, a mostra deste ano demonstra que os artistas estão cada vez mais explorando a criatividade. “A caixinha traz a fantasia de explorar muito mais o trabalho. O exercício de criar em diferentes tamanhos é importante, pois muitos dos artistas pintam muros enormes, telas convencionais e, de repente, se deparam com as caixinhas, que estimula a criatividade e o exercício do fazer, até porque produzir em pequena escala é difícil”, comentou Demarchi.
 
SERVIÇO — 3ª Exposição Nacional Arte Sobre Caixa de Fósforos, na Casa do Povoador (avenida Beira Rio, 844, Centro). Abertura: hoje, às 16h30. Visitações: até 18 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e sábados e domingos, das 13h às 17h. Entrada gratuita. Informações (19) 3434-8605.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar