Derrota do Baltimore e virada do Kansas City marcam as semifinais de conferência da NFL

Com virada histórica, Kansas City disputará a final da AFC pelo segundo ano seguido (Foto: Chris Donahue)

Os finalistas de conferência da NFL (National Football League), a liga de futebol americano mais famosa do mundo, foram conhecidos no último fim de semana. As equipes do San Francisco 49ers, Kansas City Chiefs e Green Bay Packers confirmaram seu favoritismo e se garantiram na próxima fase, enquanto que Baltimore, o melhor time da temporada regular, foi surpreendido e eliminado pela equipe do Tennessee, a mesma que eliminou o atual campeão New England Patriots na fase anterior.

A primeira equipe a entrar em campo foi o San Francsico 49ers, que fez seu primeiro jogo em pós-temporada após seis anos e o primeiro em seu novo estádio, o Levi’s Stadium. O jogo contra a equipe do Minnesotta Vikings, que eliminou o New Orleans Saints na semana passada, começou equilibrado, com o primeiro quarto terminando em 7 a 7 e o segundo em 14 a 10 a favor dos californianos. Na volta do intervalo, o San Francisco se impôs, anotou mais dois touchdowns e um fild goal, para confirmar a vitória por 27 a 10 e alcançar a sua 16ª final da NFC (Conferência Americana).

A partida seguinte foi disputada no M&T Bank Stadium, em Baltimore, e marcou a maior zebra da rodada e da temporada até aqui. O Baltimore Ravens, melhor time da temporada regular, com 14 vitórias em 16 partidas, recebeu o Tennessee Titans, sexto colocado da AFC (Conferência Americana) com nove vitórias e sete derrotas, mas o responsável por eliminar o atual campeão New England Patriots. A equipe do Titans controlou o jogo no primeiro quarto da partida, marcando dois touchdowns e abrindo 14 a 0. Os Ravens ensaiaram uma reação, porém seus dois possíveis touchdowns se converteram em field goals, deixando o placar em 14 a 6 antes do intervalo. Tennessee foi cirúrgico no terceiro quarto, marcando mais dois touchdowns para definir o confronto. Nos últimos 15 minutos, Baltimore conseguiu seu primeiro touchdown no jogo, mas foi insuficiente e os Titans venceram por 28 a 12 para disputar a final da AFC pela quinta vez.

Favorito ao Super Bowl, Baltimore é eliminado em casa (Shawn Hubbard/Baltimore Ravens)

No domingo, Kansas City Chiefs e Houston Texans abriram a rodada em ritmos completamente diferentes. Com um ataque eficiente e se aproveitando dos erros do time de especialistas adversários, Houston foi avassalador no primeiro quarto, abrindo 24 a 0 e silenciando o Arrowhead Stadium, casa do KC. No segundo quarto em diante, Kansas acordou na partida e com 15 minutos fenomenais, marcou quatro touchdowns para virar a partida em 28 a 24. Na volta do intervalo, os Cheifs marcaram mais três touchdowns, contra apenas um do Houston e administraram o placar até o final da partida, vencendo por 51 a 31. Esta foi a quarta maior virada em playoffs, a maior em uma semifinal de conferência e a primeira na pós-temporada em que uma equipe começou perdendo por 20 e venceu a mesma partida por 20 pontos.

A última partida, disputada entre Green Bay Packers e Seattle Seahawks, no Lambeau Field, foi a mais equilibrada da rodada, mesmo com as equipes vivendo tempos distintos. Com três touchdowns, Green Bay venceu o primeiro tempo por 21 a 3. Na volta do intervalo, Seattle ressurgiu no confronto, marcando três touchdowns, contra um de Green Bay. O Seahawks teve a posse da bola nos últimos cinco minutos, porém não conseguiram marcar o touchdown da vitória, e os Packers venceram por 28 a 23, se classificando para a sua oitava final de conferência.

Mauro Adamoli