DF terá quase 10 mil agentes para garantir segurança nas eleições

DF terá quase 10 mil agentes para garantir segurança nas eleições
Fonte: Agência Brasil

Quase dez mil agentes vão atuar na Operação Eleições 2018 para garantir a segurança dos eleitores no Distrito Federal durante o pleito deste ano. As ações começam a ser realizadas no dia 3 de outubro para assegurar a escolta das urnas aos 6.713 locais de votação em toda capital federal. 

Segundo o planejamento operacional da segurança pública para as eleições deste ano, há 287 atividades planejadas para a Operação. Ao todo, estão envolvidos 9.951 agentes, divididos em Polícia Militar (6.848), Polícia Civil (2.400), Bombeiro Militar (623), Detran (80). 

De acordo com o secretário de Segurança Pública e Paz Social do DF, Cristiano Barbosa Sampaio, haverá um trabalho integrado entre as forças de segurança para agilizar a resposta às ocorrências. Segundo o secretário, não há previsão de manifestações violentas durante os dias de votação na capital.  

“Até o momento não foi identificado nenhum movimento, nenhuma articulação que possa trazer preocupação para a segurança nos dias das eleições. As manifestações serão aquelas típicas da cidadania, da escolha do seu voto, da escolha do eleitor. É o que nós temos, até agora, mapeado”, afirmou Sampaio.

Eleições 

As eleições serão realizadas nos dias 7 de outubro (primeiro turno) e 28 de outubro (segundo turno). Ao todo no DF, 2.084.357 eleitores estão aptos a votar nessas eleições. Os eleitores do Distrito Federal têm 1.203 candidatos para 35 vagas [presidente, governador, senador (2 vagas), deputado federal (8 vagas) e deputados distritais (24 vagas)].

De acordo com o Cadastro Eleitoral divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no Distrito Federal, a faixa etária com mais cadastrados é a que abrange os eleitores de 36 a 45 anos (23,16%). Em seguida está o eleitorado de 26 a 35 anos, com aproximadamente 22,71%.

No perfil do eleitorado do DF há 1.122.203 mulheres cadastradas (53,8%), à medida que o índice de homens inscritos é de962.153 (46,2%). Aprovada pelo TSE em março deste ano, estas eleições terão a possibilidade da autoidentificação. No Distrito Federal, são 90 eleitores com nome social aptos a votar.

DF terá quase 10 mil agentes para garantir segurança nas eleições