Diretor de penitenciária recebe homenagem na Câmara

Élcio Bonsaglia recebeu reconhecimento por ações na unidade. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

As ações de ressocialização realizadas na Penitenciária Masculina de Piracicaba receberão reconhecimento, por meio de voto de congratulações ao diretor da unidade, Élcio José Bonsaglia e demais autoridades e profissionais envolvidos na formação da 3ª turma do Curso Profissionalizante de Cabeleireiro. A autoria da honraria é do vereador Laércio Trevisan Jr. (PL).

Recentemente, 132 homens que cumprem pena na Penitenciária Masculina tiveram a oportunidade de concluírem o curso de cabeleireiros, no interior da unidade. Com duração de seis meses, os participantes puderam ter contato com uma nova profissão para aqueles que buscam por um futuro longe da marginalidade. A formatura da terceira turma aconteceu ontem, no interior do presídio.

A 3ª turma do curso de cabeleireiro, foi realizado em parceira com a Escola de Itinerante de Cabeleireiro Hart Hair, o Instituto Ação Pela Paz e SAP (Secretaria da Administração Penitenciária).

Desde o meu primeiro dia como gestor, há dez anos, tenho como objetivo o resgate da dignidade, caráter e conduta do homem-preso, por meio da responsabilidade e comprometimento, seja pelo estudo ou pelo trabalho. Acredito na segunda chance das pessoas, pois ninguém está livre de cometer algum erro na vida”, afirmou Élcio José Bonsaglia.

Esses cursos profissionalizantes têm como objetivo a recuperação do recluso por meio dos estudos e outras ações que promovem o cumprimento das penas de forma humana e digna. Os cursos também possibilitam que, em caso de liberdade, os detentos possam dar continuidade em suas vidas profissionais e pessoais”, disse Trevisan Jr.

BONSÁGLIA

O diretor é graduado em Matemática, Física e Direito, além de pós-graduação em “Especialista em Segurança Pública e Sociedade” pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de Campinas. Bonságlia ingressou na SAP após ser aprovado concurso público em 10 de agosto de 1998. Inicialmente como agente de segurança penitenciária na Penitenciária 2 de Avaré. Atualmente sou docente na Escola de Administração Penitenciária na disciplina de “Processo Administrativo e Sindicância e diretor da Penitenciária Masculina há dez anos.

Cristiani Azanha

[email protected]