Dise estoura central de distribuição de droga

droga Investigadores apreenderam dinheiro e droga. ( Foto: Divulgação)

Policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) descobriram uma central de distribuição de drogas que funcionava em uma residência, no Jardim Paraíso, anteontem à noite. No local foram apreendidas 501 pedras de crack, R$ 428 em notas diversas, embalagem para entorpecente e balança de precisão. Duas pessoas que estariam envolvidas no tráfico de drogas foram presas. A abordagem contou com o apoio das equipes da Romu (Ronda Ostensiva Municipal) da Guarda Civil.

Segundo os investigadores, as supostas participações dos suspeitos no esquema de tráfico de drogas eram apuradas há 20 dias pela equipe comandada pelo delegado Demétrios Gondim Coelho, que conseguiu na Justiça o mandado de busca e apreensão para a residência dos investigados. Os policiais já estiveram anteriormente na casa, mas na ocasião, o responsável pela residência não tinha sido abordado e os investigadores haviam apreendido apenas uma pedra bruta de crack.

Por volta das 21h30 de anteontem, um policial da Dise recebeu uma denúncia de que um dos investigados estaria fracionando drogas em uma edícula, no bairro. O policial, estava com uma viatura descaracterizada e foi até o local para averiguar a denúncia. Ele teria localizado o investigado e foi informado que na residência havia um outro rapaz que teria sido “contratado” para ajudar a separar as porções de entorpecente. Ele receberia como pagamento algumas pedras de crack, que seriam usadas para abastecer seu vício.

Como o policial civil constatou uma movimentação atípica no local monitorado, ele solicitou apoio das equipes da Romu, que fizeram um cerco no imóvel. Eles observaram pelo blindex da janela várias porções de crack espalhadas na mesa, e então solicitaram que os suspeitos abrissem a porta. Assim que notou a presença policial, o investigado fugiu pelos fundos, mas os GCs arrombaram a porta e ambos foram detidos no interior da residência.

Eles foram encaminhados ao plantão policial, onde foram autuados em flagrante sob acusações de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

(Cristiani Azanha)